Sword Art Online ~Brazilian Portuguese~:Volume 1 Capitulo 11

From Baka-Tsuki
Jump to: navigation, search

Capítulo 11[edit]

Infelizmente para nós, acabamos encontrando um grupo de Homens lagartos no meio do caminho. No momento em que chegamos até o topo do daquela passagem, trinta minutos já haviam se passado e nós não tínhamos visto nenhum membro do exército.

“Talvez eles já tenham usado cristais para escapar?”

Klein disse brincando, mas nenhum de nós acreditava que eles fariam algo assim. Como resultado, nós inconsciente seguimos com nossos passos enquanto andávamos pela longa passagem.

Quando estava na metade, um som que confirmou nossos medos ecoou pelos muras. Nós imediatamente paramos para escutar.

“Ahhhh...”

O som que nós escutamos fora, sem dúvidas, um grito.

Mas ele não pertencia a um monstro. Nós olhamos uns paro os outros e começamos a correr. Por causa da nossa alta destreza, Asuna e eu corremos mais rápidos do que os outros, deixando para trás o grupo de Klein. Mas não era hora de se importar com isso. Corremos como o vento até o corredor azul brilhante, na direção oposta que havíamos partido antes.

Logo, surgiu uma passagem com gigantescas portas duplas. Elas já estavam abertas, nós podíamos ver as chamas azuis dançando dentro e uma grande sombra lentamente atravessando a escuridão. Nós ouvimos também os intermináveis sons de gritos e metais batendo.

“Não...!”

Asuna disse pesar e acelerou sua velocidade. Eu a segui um pouco atrás. Quando nossos pés tocaram no chão, era como se virtualmente nós estivéssemos no ar. Eu notei que havíamos chegado aos limites do auxilio do sistema. Enquanto os pilares de ambos os lados da passagem brilhavam.

Assim que atravessamos as portas, Asuna e eu reduzimos nossas velocidades. Faíscas saíram de nossas botas e nós paramos diante do portão.

“Ei! Você estão bem?!”

Eu me movi meu corpo para ter uma visão melhor.

Lá dentro—era como se fosse o inferno.

Chamas azuis queimavam por todo o corredor. Um figura enorme estava no meio de tudo aquilo e seu corpo brilhava como se fosse feito todo de metal. Aquele era o demônio azul: O Olhos Brilhantes.

O Olhos Brilantes carregava uma enorme espada Zanbato, sua respiração ardente parecia ser capaz de partir uma montanha. Os danos causados a ele não haviam chegado nem a um terço do seu HP. Aos redores da sala, havia algumas silhuetas que eram minúsculas comparadas ao demônio. Elas eram o grupo do exército, com seus membros ocupados em implorar por suas vidas.

Eles não tinham mais ordens para seguir. Eu chequei o número de pessoas e notei imediatamente que duas delas tinham desaparecido. Seria bom se tivessem escapado usando um item de teletransporte, mas-.

Assim que eu pensei nisso, um deles fora atingido por um dos lados da zanbato e agora estava voando. Seu HP tinha chegado a zona vermelha. Eu não sabia como tinha chegado a esse ponto, mas o demônio estava entre os membros do Exército e a saída, como resultado eles não podiam sair. Eu gritei parao jogador que havia caído.

“O que você está fazendo!? Use o item de teletransporte!”

O homem olhou para mim. Seu rosto refletia as cores brilhantes das chamas e estava repleto de desespero. Ele então retrucou;

“Não tá funcionando...! O-Os cristais não estão funcionando!!”

“Mas o...”

Eu não podia dizer nada. Isso significa que esse quarto é uma <Área Anti Cristal>? Era uma armadilha rara que aparecia nos labirintos de vez enquando, mas nunca haviam aparecido em salas de chefes até agora.

“Como pode isso...!”

Asuna estava atordoada. Esse não era um caso onde nós podíamos correr e salvar eles. Então um jogador do outro lado do demônio sacou sua espada e gritou.

“O que você estão dizendo!! A palavra retirada não existe para o exército Libertador!! LUTEM!! LUTEM EU DISSE!!”

Essa era definitivamente a voz de Cobert.

“Seu desgraçado!”

Eu gritei. O fato de duas pessoas desaparecerem em uma área anti cristais—significa que eles estavam mortos, se foram. Algo assim deveria ser evitado a todo custo e agora que aconteceu, esse idiota diz coisas assim? Eu senti meu sangue subir em irritação.

Então o Grupo de Klein chegou.

“Ei, o que está acontecendo!?”

Rapidamente eu expliquei a situação. Assim que ele ouviu, a expressão de Klein se tornou obscura.

“Não há... Não há nada que possamos fazer...?”

Nós poderíamos correr e fazer um caminho para eles escaparem. Mas se fizéssemos em um quarto onde a fuga de emergência era impossível não poderíamos ignorar a possibilidade de um de nós morrer também. Nós não tínhamos pessoas suficientes. Enquanto eu pensava, Cobert de alguma forma chegou até seus homens e começou a ordenar.

“Atacar-!”

Dois dos dez que estavam ali já haviam perdido todo seu HP e agora estava caídos no chão. Os outros oito formaram duas linhas de quarto com Cobert no meio, que coordenava o ataque com sua espada levantada.

“Não-!!”

Mas minha voz não os alcançou.

Era um ataque inútil. Se todos os oito fossem juntos, eles não seriam capazes de usar suas habilidades propriamente e apenas tornariam as coisas confusas. Eles deveriam estar lutando defensivamente, fazendo um movimento rotatório onde uma pessoa tomava damos e rapidamente trocava com o próximo membro.

O Demônio levantou sua cabeça para cima e deu um rosnado antes de lançar um jato de fogo. Parecia que a respiração dele causa danos e os oito guerreiros foram engolidos pela luz azul das chamas. O demônio viu naquilo uma chance e golpeou com sua espada enorme. O corpo de uma pessoa voou pelo ar e passou pela cabeça do demônio, caindo com força no chão a nossa frente.

Era Cobert.

Seu HP se fora. Com uma expressão de que não entendia o que estava acontecendo ele moveu sua boca.

-Isso é impossível.

Ele ficou mudo. Então, um efeito sonoro nervoso que parecia capaz de despedaçar nossas almas soou, seu corpo agora era apenas alguns polígonos se desmaterializando. Perto de mim, Asuna de um grito curto por essa morte sem sentido.

Com o líder morto, os membros do Exércitos se entregaram ao caos. Eles corriam e gritavam. Todos estavam com o HP na metade.

“Não...Não...Já chega...”

Eu ouvi a voz da Asuna em sofrimento, eu estava bem ao seu lado e imediatamente me aproximei para segurar seu braço...

Mas quando eu percebi, já era tarde demais.

“Não-!!”

Falando isso, Asuna correu em disparada. Ela sacou sua rapier e atacou o Olhos Brilhantes como um flash de luz.

“Asuna!!”

Eu gritei. Sem nenhuma escolha, saquei minha espada e a segui.

“Eh, dane-se!!”

Klein e seu grupo falaram e seguiram.

O ataque descuidado de Asuna atingiu as costas do demônio enquanto ele estava descuidado. Mas o seu HP diminui muito.

O Olhos Brilhantes rugiu, e se virou golpeando com sua zanbato. Asuna imediatamente se moveu para o lado desviando, mas ela não conseguiu fazer isso com sucesso pois estava tomada pelo choque. O segundo ataque seguiu-se até ela sem nenhuma hesitação.

“Asuna-!!”

Eu senti meu corpo congelar de medo e me coloquei entre Asuna e a lâmina. Minha espada conseguiu de alguma forma defender o ataque. Então, eu senti o impacto atravessar meu corpo e o choque me acertar.

As faíscas saíram das duas espadas, a espada do demônio atingiu o chão apenas alguns centímetros de distância da Asuna. Isso abriu um buraco no chão que devastou o chão em um efeito sonoro de explosão.

“Para trás!”

Eu disse e me preparei para os ataques do demônio. Sua espada veio repetidamente e golpeava com tanto poder que eu sentia que poderia tirar minha vida com apenas um ataque. Não havia lugar naquele espaço para eu tentar um contra ataque.

As técnicas do Olhos Brilhantes eram basicamente habilidades de espada de duas mãos. Mas elas estavam customizadas, o que tornava elas impossíveis de ler. Eu me concentrei totalmente em defender os ataques laterais e horizontais, porém eram ataques tão monstruosamente poderosos que eu sentia meu HP se esvaziar a cada movimento.

“Argh!!”

Logo, um daqueles ataques acertou o meu corpo. Senti o impacto como se o tempo tivesse parado e o meu HP começou a cair muito.

Meus equipamentos e habilidades estavam muito distantes dos dele. Se eu continuasse com isso, eu iria morrer logo. O medo de morrer me fez ter calafrios. Eu não poderia nem tentar escapar mais.

A única coisa que eu poderia fazer. Eu só conseguiria se fosse com tudo que eu tenho e causasse um alto dano.

“Asuna! Klein! Me deem 10 segundos!”

Eu disse e segurei com força minha espada para bloquear a investida do demônio e criar um ponto cego. Então, eu me atirei ao chão e rolei. Klein imediatamente tomou meu lugar e manteve o demônio para trás com sua katana.

Porém, a katana de Klein e a rapier de Asuna eram armas de grande velocidade mas que por isso não tinham tanta resistência. Percebi que não seria fácil elas bloquearem a zanbato do demônio. Mesmo no chão, eu abri o menu com minha mão esquerda.

Não podia cometer um único erro agora. Meu coração batia acelerado, enquanto eu comecei a mover os meus dedos da mão direita. Eu abaixei a lista de items, peguei um e equipei no espaço em branco no campo do equipamento. Então eu abri a janela de habilidades e mudei as habilidades da minha arma.

Terminando, eu toquei o botão de Ok e fechei a janela. Confirmei o peso adicional nas minhas costas, levantei minha cabeça e gritei?

“Eu terminei!!”

Eu vi Klein ser atingido, seu HP diminuiu enquanto ele deu alguns passos para trás. Normalmente ele usaria um cristal para se curar, mas isso não era possível naquele lugar. Agora, Asuna que estava lutando contra o demônio, e em alguns segundos o HP dela já estava na metade, ficando amarelo.

Depois que ela me ouviu, Asuna assentiu de costas para mim e saltou antes de executar uma ataque de perfuração.

“Yaaaa!”

Uma faixa branca de luz voou pelo ar e atingiu a arma do Olhos Brilhantes, gerando faíscas. Assim que o estrondo soou, a distância entre Asuna e o demônio se alargou.

“Trocar!!”

Eu não poderia perder a oportunidade de atingir o inimigo. O demônio rapidamente se recuperou do efeito de paralisação e levantou sua espada para o alto. Com minha espada na mão direita eu bloqueei a lâmina que veio em um trajetória em chamas. Então, alcancei minhas costas com minha mão esquerda e a coloquei sobre o cabo da nova espada. A puxei e realizei um movimento suave. O HP do demônio reduziu de uma forma notável após o primeiro ataque ser registrado.

“Kwuaaaaa!”

O demônio rugiu em fúria e iniciou outro ataque vertical. Dessa vez, eu cruzei minhas duas espadas e bloqueei completamente. No momento que senti que ele ficou desequilibrado, decidi quebrar a formação defensiva e iniciar um ataque em combo.

Minha espada direita golpeou na parte média do demônio. Minha espada esquerda imediatamente seguiu em um corte vertical que atravessou seu corpo. Direita, esquerda e direita novamente. Eu movia minhas espadas rapidamente enquanto os nervos do meu cérebro pareciam que teriam uma sobrecarga. O Som do metal cortando ressoando enquanto uma após outra as luzes brancas clareavam o ar.

Essa era a habilidade extra que eu estava escondendo, <Lâminas Duplas> e a técnica que eu estava usando era a habilidade de alto nível <Explosão Estrelar>, uma sequência de 16 ataques.

“Ahhhhh!!”

Sem prestar a atenção nos ataques que a espada do inimigo conseguia bloquear, eu segui gritando e atacando incansavelmente com minhas espadas. Meus olhos ardiam e minha visão apenas enxergava o demônio. Todos os ataques do demônio atravessaram meu corpo, mas eu sentia os impactos apenas como se fossem de um mundo distante de mim. Enquanto isso a adrenalina seguia a correr pelo meu corpo, enquanto o meu cérebro era perfurado por choques toda vez que minhas espadas atravessavam o inimigo.

Mais rápido e mais rápido. O ritmo dos cortes já havia excedido o dobro da velocidade normal, mas para mim era como se tudo corresse lentamente. Eu continuava meu ataque embora parecesse que eu estava excedendo totalmente o auxilio do sistema.

“…ahhhhhhhhhh!!”

Gritando, eu executei o ultimo dos meus 16 ataques e atravessei o peito do Olhos Brilhantes.

“Kkaaaaaahh!!”

Quando meus sentidos retornaram, eu notei que era o único gritando. O enorme demônio rugiu e respirou com força.

Então seu corpo congelou, e assim que percebi-

O Olhos Brilhantes se quebrava em incontáveis fragmentos azuis. Fragmentos que agora choviam por toda a sala.

Então…Acabou…?

Senti-me tonto graças aos efeitos da batalhas, eu normalmente colocaria minhas espadas simultaneamente em minhas costas. Eu olhei imediatamente para o meu HP. Estava no vermelho com apenas alguns dígitos restando. Assim que eu olhei para o meu HP, subitamente eu senti uma força puxando meu corpo e cai sobre o chão, mudo.

Minha visão então escureceu.