Tate no Yuusha no Nariagari:Web Chapter 377 (Brazilian Portuguese)

From Baka-Tsuki
Jump to: navigation, search

Capítulo 377[1] – Lenda Heroica do Vale da Rocha

Iwatani Naofumi

Como o Herói do Escudo, ele foi o líder dos Heróis que salvaram o mundo.

Pelas conquistas dele em salvar o mundo, ele foi louvado como um salvador.

Depois disso, ele foi atraído em inúmeros incidentes no mundo, e resolveu eles. Ele continuou a ter certeza que as pessoas confiassem nele, mas nunca dependessem dele.

Ele foi muito ansiado pelo sexo oposto, e é dito que ele teve muitos descendentes.

Ele foi famoso por ambas suas habilidades de negócio e culinária. Os mercadores que pessoalmente lidaram com ele criaram empresas grandes o suficiente que mesmo agora, os nomes deles estão por toda nossa volta.

Por causa disso, ele foi louvado como o Deus do Escudo, presidindo sobre negócios e artes culinárias.

Vale da Rocha foi o país que ele restaurou, e é dito que foi nomeado na língua da origem dele.

É dito que na nomeação do Vale da Rocha, alguém ofereceu a seguinte opinião:

“Oy, enquanto vocês podem ver penhascos aqui pelo mar, não tem vale…”

É desconhecido quem disse essas palavras.

Kitamura Motoyasu

Seu nome foi gravado na história como o Herói da Lança que salvou o mundo.

Ele valorizou Philorials mais do que qualquer coisa, e foi dito que ele era o Herói dos Philorials, mas depois que o mundo estava em paz, ele continuou lutando pelos Pássaros Divinos. No que ele continuou sua batalha, registros sobre seu paradeiro se tornaram vagos.

Atualmente, especialistas questionam se ele verdadeiramente existiu ou não.

Amagi Ren

Como o Herói da Espada, ele salvou o mundo.

Depois disso, numa organização separada da do Herói do Escudo, ele resolveu vários problemas pelo mundo.

Depois de perseguir afetos por uma única mulher por muitos anos, eles finalmente casaram. E para pagar pelo pecado de ter matado o pai de uma garota, na forma de um dragão, é dito que ele também casou com essa garota.

Kawasumi Itsuki

Como o Herói do Arco, ele salvou o mundo.

Depois da subjugação da Deusa, ele proclamou que ainda havia mal no mundo, e foi numa jornada com o Herói do Projétil.

Enquanto registros dele existem em todos os países pelo mundo, nenhum deles contam feitos grandes o suficientes para o nome dele ser passado.

Raphtalia

Como o Herói do Martelo, ela salvou o mundo.

Considerada o braço direito do Herói do Escudo, ela sempre estava com ele. Como sua primeira esposa, ela casou com ele, e eles tiveram filhos.

Neste momento, muitos da realeza do Vale da Rocha carrega o sangue dela.

Mas ela nunca t eve um momento de descanso com as relações femininas do Herói do Escudo.

Ela frequentemente aparece como a protagonista de muitas peças literárias de aventura.

Firo

Como o Herói da Garra, ela salvou o mundo.

É dito que o Philorial criado pelo Herói do Escudo se tornou uma humana, e lutou ao lado dele.

Ela se dava bem com o Herói do Instrumento, Rainha de Melromarc, e ficou ao lado dela quando o mundo estava em paz.

Mas assim que a Rainha faleceu, ela repentinamente sumiu dos registros, e como o Herói da Carruagem, é desconhecido se ela verdadeiramente existiu ou não.

Neste momento, existe uma Idol famosa com o mesmo nome, então algumas pessoas imaginam se elas são ou não a mesma pessoa; contudo, esta conexão é duvidosa.

Fohl

Como o Herói da Manopla, ele salvou o mundo.

Ele era um dos ex-escravos que compõem os ancestrais do Vale da Rocha, e ele carregou o sangue da Realeza de Silt Welt.

Ele conquistou muitas coisas como o companheiro do Herói do Escudo, e era muito amado pelos aldeões.

Atlas

O nome dela está deixado em registros como a existência que apoiou o Herói do Escudo.

Durante a batalha com a lendária besta Houou, ela perdeu sua vida prematuramente.

Depois disso, é dito que ela foi revivida como um Espírito, mas especialistas seguram este fato em dúvida.

Melty Q. Melromac

A filha do Herói do Bastão, e o Herói do Instrumento. Ela se tornou um dos Heróis à salvar o mundo, e a Rainha de Melromarc.

Assim que o mundo estava em paz, ela ofereceu assistência aos países que haviam sido perdidos em guerra.

Ela realizou muitos feitos, e o país dela experienciou uma longa era de paz.

É dito que ela era uma amante de Philiorials, e há vagos relatos de que ela tinha relações intimas com uma Philorial da mais alta classe.

Depois disso, ela foi casada ao Herói do Escudo, e teve filhos eventualmente.

Lixo Melromarc XXXII

Como o Herói do Bastão, e o Rei de Melromarc, ele salvou o mundo.

Em sua juventude, ele deixou um nome como o Grande Rei da Sabedoria, mas ele tinha uma tendência à se desviar, e ele formou um relacionamento antagônico com o Herói do Escudo.

Depois disso, eles se reconciliaram, e ele jogou seus esforços em paz mundial.

Depois que paz foi alcançada, ele continuou servindo o país como o ajudante de sua filha.

Houveram muitos que foram inspirados pelo jeito nobre em que ele viveu.

Mirellia Q. Melromarc

A esposa do Herói do Bastão, e ex-Rainha de Melromarc.

De acordo com a lenda, ela uma vez morreu e foi revivida sob controle inimigo, mas o Herói do Bastão foi capaz de desfazer a lavagem cerebral prendendo ela.

Mas também foi dito que aquela que foi morta era meramente a dublê de corpo dela.

Depois disso, ela deixou o país para sua filha, e assistiu ela ao lado do Herói do Bastão.

Rishia Ivyred

Como o Herói do Projétil, ela salvou o mundo.

Depois disso, ela partiu numa jornada com o Herói do Arco, e espalhou seu nome para vários lugares pelo mundo.

De acordo com lendas, ela foi casada com o Herói do Arco.

Mas alguns contos recontam ela como a companheira do Herói do Escudo, e alguns dela ajudando o Herói da Lança. Ela é um herói cujos feitos estão muito para especulação.

Mesmo agora, ela é escrita como a protagonista de muitos trabalhos literários focados para mulheres.

Eclaire Seattle

Como o Herói da Katana, ela salvou o mundo.

Ela foi a filha de um senhor feudal que tentou oferecer o mesmo tratamento para humanos e demi-humanos igualmente no país perseguidor de demi-humanos de Melromarc.

A terra que lhe foi dada mais tarde em vida se tornou, como a vila do Herói do Escudo, um lugar onde pessoas passaram suas vidas sem discriminar por raça.

O relacionamento dela com o Herói da Espada é frequente o assunto de peças, mas a personalidade real do indivíduo permanece um mistério.

Midori, Kuu e Marin

Elas tomaram os títulos de Herói do Machado, Herói do Espelho e Herói do Livro respectivamente no que elas salvaram o mundo.

Alguns dizem que elas eram Philorials criadas pelo Herói da Lança, e outros que elas eram escravas.

Mas no que representações delas são ainda mais escarças que aquelas do Herói da Lança, suas existências estão sob suspeição.

Wyndia

Como o Herói do Chicote, ela salvou o mundo.

Foi dito que ela foi criada pelo Imperador Dragão, e que ela se juntou à Guilda de Domadores de Monstros. Ela é famosa por resolver vários problemas relacionados com monstros.

Foi dito que o Herói do Escudo deu para ela um título especial, mas esse nome foi perdido em transmissão.

Também foi dito que ela teve algum romance com o inimigo de seu pai, o Herói da Espada, mas os detalhes específicos são desconhecidos.

Gaelion

O Imperador Dragão que reina sobre os monstros do mundo.

As lendas recordam que ele participou na luta para salvar o mundo, e muito da vida dele foi registrada por um pesquisador que ele encontrou.

Enquanto foi provado que estes relatos são verdade, não foi provado que o Imperador Dragão registrado neles era o verdadeiro, e o pesquisador é suspeito de alguma fabricação.

Ratotil Anthreya

Uma alquimista que serviu ao lado do Herói do Escudo.

Ela se deu bem com o Herói do Chicote, e elas trabalharam para resolver vários problemas.

Ela estimou o monstro ao lado dela com carinho, e há teorias que dizem que este monstro sendo o predecessor da raça Raphshild que existe hoje.

No presente, há um debate contínuo para debater se esses monstros foram feitos por Ratotil ou o Herói do Escudo.

Glass

Como o Herói do Leque, ela salvou o mundo.

As lendas dela vivem no folclore de muitos países.

Ela diligentemente lutou para prevenir um processo chamado assimilação mundial, ela frequentemente aparece em histórias pertencentes ao Herói do Escudo.

Ela parece ter ficado esperando por alguém, mas é incerto se eles foram ou não reunidos.

Muitas peças e novelas possuem ela se reunindo e casando com essa pessoa.

Kiel

Como o Herói da Foice, ela salvou o mundo.

Ela é a progenitora da raça que continua a proteger a Árvore de Deus do Vale da Rocha até este mesmo dia.

Por causa dela, a Árvore de Deus continua a ser louvada como um símbolo de paz mundial.

Mais tarde, foi dito que ela se casou com o Herói da Manopla, mas a verdade é incerta.

Sadina

Como o Herói do Arpão, ela salvou o mundo.

Ela recebeu fama por agir como os pais dos órfãos que se juntaram na vila que se tornou o Vale da Rocha, e por agir como uma conselheira para o Herói do Escudo.

Ela foi descrita como uma amante primária de álcool, e tem foi dito que ela trocou muitos drinques com o Herói do Escudo.

Também foi dito que ela foi mais tarde abençoada com filhos dele.

Raph-chan

Como o Herói do Navio, ela salvou o mundo.

Foi dito que ela era um monstro criado pelo Herói do Escudo, e um puro sangue da raça Raphshild.

Depois da morte do Herói do Escudo, ela desapareceu junto com seus Philorials.

Especialistas questionam a existência dela, e atribuem ela aos sucessos de um grande número de Raphshilds sendo tratados como uma única entidade.

Fitoria

Como o Herói da Carruagem, ela salvou o mundo.

Foi dito que ela era uma Philorial criada pelos heróis lendários de tempos passados, mas a verdade é incerta. Ela foi uma Rainha Philorial.

Um Monstro Herói cuja existência está à muito escrutínio.

Como com o Herói do Navio, especialistas dizem que as ações de muitos Philorials foram atribuídas à um único personagem.

Elhart

Um ferreiro lendário que apoiou os Heróis das sombras.

Se ele não tivesse existido, foi dito que o Herói do Escudo não teria existido também; um Herói não reconhecido.

A amada armadura do Herói do Escudo é conhecida sendo uma de suas muitas criações.

Foi dito que depois disso, com a ajuda do Herói do Escudo, ele deu nascimento à muitas obras primas, mas quando ele morreu, a lenda do Herói do Escudo morreu com ele.

Enquanto suas armas erguem os carvões para muitas guerras pelo mundo, o que colocou um fim à elas também foi o equipamento dele.

Seu nome continua sendo honrado como o Deus de todos Ferreiros.

Trinemier Lucullan Lisella Tereti Quariz

Um ferreiro que apoiou os Heróis pelas sombras, e um que aprendeu a arte junto de Elhart.

Um demi-humano que, junto com Elhart, apoiou os Heróis, e criou muitas armas.

Ele era bom em cuidar de outros, e tinha bons traços. É registrado que ele era popular dentro do Vale da Rocha.

Junto com Elhart, ele é honrado como um Deus de todos Ferreiros.

Imya Lucullan Lisella Tereti Quariz

Uma fazedora de roupas que apoiou os Heróis das sombras.

Sobrinha de Trinemier Lucullan Lisella Tereti Quariz.

Uma boa amiga do Herói da Foice, e uma que fez vários vestuários.

A linhagem dela continua produzir costureiros prodígios até este dia.

Elrasla Grilaroc

Uma herdeira do Hengen Musou Ryuu que apoiou os Heróis das sombras.

Ela é quem espalhou o uma vez morto Hengen Musou Ryuu para os Heróis, e os habitantes do Vale da Rocha, e o estilo é ainda praticado até este dia.

Foi dito que para poder deixar os Heróis escaparem de um plano vicioso do ex-país de Faubley, ele ficou para trás, e foi uma vez morta.

Ela foi mais tarde revivida junto com a ex-Rainha de Melromarc, e opôs os Heróis.

Pelas ações do Herói do Projétil, e o Herói da Katana, a lavagem cerebral afetando ela foi desfeita.

Se ela realmente morreu ou não uma vez está para debate.

Beloukas

Um Mercador de Escravos que apoiou o Herói do Escudo das sombras.

Este nome é apenas uma conjectura para o verdadeiro dele.

Através da ajuda do Herói do Escudo, seu nome foi espalhado pelo submundo, mas não para fora do alcance de especulação.

Hickwaal

Um Mercador que apoiou o Herói do Escudo das sombras.

Ele foi o fundador e primeiro presidente da Companhia Hickwaal que existe até este dia.

Enquanto o louvável espírito comercial dele não ganhou para ele um lugar no mundo das lendas, ele partiu em fundar incontáveis empresas depois de seu encontro com o Herói do Escudo.

Sweed

Um Mercador que apoiou o Herói do Escudo das sombras.

Ele foi o fundados da Companhia Sweed que existe até este dia.

Junto com Hickwaal, ele colocou sua mão em muito da riqueza circulando pelo mundo.

Foi dito que no começo, ele trabalhou como um falsante, mas depois de um encontro com o Herói do Escudo, ele ganhou um entendimento da verdadeira natureza dos negócios, e teve uma mudança de coração.

Elena Haven

Uma Companheira do Herói da Lança, e uma mercadora que conduziu negócios na terra do Herói do Escudo.

Para o Herói do Escudo, que era conhecido de ser exacerbadamente suspeito quando se tratava de negócios, ela era uma rara pessoa que podia conversar normalmente com ele.

Durante a construção do Vale da Rocha, ela emprestou seu poder, e mais tarde continuou jogando seu auxílio.

No presente, os descendentes dela foram casados nas já mencionadas Companhias Hickwaal e Sweed, e ganharam o status de nobres.

Se ela foi uma companheira do Herói do Escudo ou do Herói da Lança ainda está para debates por especialistas.

Uma teoria diz que Raphtalia estendeu sua mão para ela, mas essa voz é a minoria.

Roudy

Um Ladrão Cavalheiro que deixou sua própria lenda por volta do tempo dos Heróis.

Ele roubou o ouro de nobres e mercadores malignos, e ofereceu apoio para aqueles passando por pobreza. É dito que ele foi o presidente e fundador da Guilda dos Ladrões Cavalheiros.

Ele era um conhecido do Herói do Escudo, e uma teoria aponta ele sendo um bandido reformado por ele.


Nota do Tradutor[edit]

  1. Este já é chamado de epílogo, mas tem mais um capítulo...
Voltar para Web Chapter 376 Retornar para Página Principal Avançar para Web Chapter 378