Tate no Yuusha no Nariagari:Web Chapter 358 (Brazilian Portuguese)

From Baka-Tsuki
Jump to: navigation, search

Capítulo 358 – Voltando para Casa[edit]

Então agora, me deixe oferecer uma pequena explicação sobre minha casa.

Para colocar diretamente, é uma casa destacada que fica numa vizinhança relativamente quieta perto da cidade.

Ela tem um quintal, ligado, e meus pais compraram ela num empréstimo.

Eu deslizo a chave na porta, e timidamente olho em volta no que eu entro.

“N-Naofumi-sa…n. Qual o problema?” (Raphtalia)

Parece que há alguma resistência para ela me chamar de -san no que ela me pergunta uma questão por pura curiosidade.

“Ah, não, se nós toparmos com meus pais aqui, isso causaria uma montanha de mal entendidos.” (Naofumi)

“O Pai e a Mãe do Naofumi-sa…n?” (Raphtalia)

Raphtalia coloca a mão dela sobre seu coração, e toma um fôlego fundo.

“Ah, parece que você não tem que se preocupar. Minha mãe está fora no momento.” (Naofumi)

Depois de confirmar que ninguém estava em casa, eu abri a porta da casa, e convidei Raphtalia para dentro.

“Então essa é a casa do Naofumi-sa ,n?” (Raphtalia)

“É.” (Naofumi)

Eu pensei que eu ia trazer ela aqui assim que o mundo estivesse em paz, mas eu nunca pensei que nós iríamos acabar aqui desse jeito.

Eu acho que isso só vai para mostrar que você nunca sabe o que vai acontecer na vida.

“Tenha certeza de tirar seus sapatos antes de entrar.” (Naofumi)

“Entendido.” (Raphtalia)

Como dita, Raphtalia tira seus sapatos antes de entrar na casa.

Então agora, meu quarto é no segundo andar. Para organizar a informação em mãos, é melhor que nós fossemos para lá, mas… aqui, eu notei algo.

Eu sou um Otaku. Um Otaku que convidou uma garota para sua casa, e está pronto para mostrar para ela seu quarto.

O desenvolvimento que é esteriótipo que vem com essa situação é…

… Isso não é ruim? Eu tenho até que algumas cosias embaraçosas exibidas lá.

“Raphtalia, por favor espere aqui.” (Naofumi)

Eu paro Raphtalia, e levo ela para sala de estar.

“Aconteceu alguma coisa?” (Raphtalia)

… Neste momento, eu estou preso entre duas grandes escolhas de vida.

Eu poderia levar Raphtalia para meu quarto agora, sem me importar pelos meus hobbies.

Mas os posteres de Galge[1], as figures[2] e os vários produtos de personagens estão fora abertamente.

Não é como se eu planejasse esconder o fato que eu sou um Otaku neste ponto. Eu estou na verdade curioso para ver o que Raphtalia pensará disso.

Mas naquele mundo, eu continuei proclamando que amor era inútil e desnecessário.

Se o quarto de um cara daquele jeito estivesse cheio com livros de mulheres, e figures, só o que ela irá pensar?

Não é certo parar ela por hora?

Okay! Primeiro de tudo, vamos limpar o quarto!

“Por favor espere um segundo.” (Naofumi)

“Ah, claro.” (Raphtalia)

Raphtalia se sentou no sofá da sala de estar no que eu rapidamente corri os degraus para meu quarto.

E o que eu achei foi meu castelo nostálgico.

Só quantas vezes eu sonhei em voltar aqui?

Mas isso não é importante nesse momento.

Neste momento, Raphtalia vai vir aqui.

Que tal eu apenas publicamente mostrar este lado embaraçoso de mim?

Eu irei impedir isso com toda minha determinação!

Eu enfio todas as figures e embalagens de Galge no armário, e tiro os posteres.

Oh? Eu havia deixado meu PC ligado o tempo todo, e o item de jogo online que eu coloquei no mercado foi vendido.

… Eu fecharei isso por hora.

Depois é-

“Cheguei~.”

Geh! Meu irmão voltou.

Aquele maldito Riajuu[3], por que ele teve que voltar numa hora dessas?

Se aquele irmãozinho meu entrar em contato com Raphtalia, vai ficar complicado!

Eu rapidamente deixo o quarto, e desço correndo as escadas.

“O que foi, Nii-san?” (Otouto[4])

Ele tinha tirado seus sapatos na entrada, e colocado sua mão na porta da sala de estar quando eu chamei ele.

“Espera, espera. Por que nós não conversamos um pouco?” (Naofumi)

“Aconteceu alguma coisa? O olhar nos seus olhos está um pouco estranho…?” (Otouto)

Meu rosto é realmente tão esquisito assim?

“Mais importantemente, Niisan. Você não pode fazer alguma comida?” (Pseudo-Kiel)

“Por que?” (Naofumi)

“O que você quer dizer? Nossa mãe não parece estar em casa, então eu pensei que eu pediria para você. Quero dizer, eu estou ocupado com meus estudos.” (Otouto)

“Só vá para a loja de conveniência. Eu lhe darei algum dinheiro.” (Naofumi)

“Eh… a comida do Nii-san é muito melhor que aquelas na loja.” (Pseudo-Kiel)

Isso é estranho. Meu irmão realmente gosta da minha comida caseira tanto assim?

Não, bem, eu sempre ajudei meus pais com as tarefas de casa, e eu fiz isso de vontade própria para passar uma boa impressão para eles.

Eu cozinhei para ele toda vez que nossos pais não estavam em casa.

Mas ainda assim, ele alguma vez disse algo tão estilo Kiel?

Isso é déjà vu?

“Eu não lhe pedi essa manhã? Você totalmente disse sim naquela hora.” (Pseudo-Kiel)

Parando para pensar nisso… eu tenho a impressão que eu fiz algum tipo de promessa desse tipo.

Quero dizer, para mim, faz mais de meio ano, então não tem como eu realmente lembrar disso.

“E Nii-san, você sabe, se você alguma vez ter problemas conseguindo um trabalho quando cê graduar, você devia tentar uma escola culinária. Não vá desperdiçando seu talento desse jeito, cara.” (Pseudo-Kiel)

Mu… esse aqui, eu tenho alguma lembrança disso.

Eu me lembro. Toda vez que alguma coisa acontece, meu irmão é alguém que me pede para ir cozinhar.

Diferente de mim, ele não realmente gosta de comer fora.

Alguma coisa sobre nutrição, e sódio, é como se ele fosse uma garota passando pela puberdade.

“De qualquer jeito, hoje eu tenho algo para fazer. Então vá comprar isso na loja de conveniência.” (Naofumi)

“É uma promessa com seus amigos de jogo online de novo? Que tal você só parar de brincar com aqueles caras, e começar a levar as coisas seriamente, cara?” (Otouto)

E no que ele disse isso, ele abriu e passou pela porta da sala de estar.

“E-espera.” (Naofumi)

“– Quero dizer, você tem alguém como a Raphtalia-san com cê[5], certo?” (Otouto)

O que…?

Minha mente não consegue acompanhar o que meu irmão está dizendo.

“Ah, Raphtalia-san. Cheguei.” (Otouto)

“Ah…?” (Raphtalia)

O olhar da Raphtalia troca entre minha cara e a do meu irmão. Uma expressão preocupada aparece na cara dela, e ela inclina sua cabeça para um lado.

Quero dizer, é verdade, não é? Raphtalia nunca encontrou esse cara antes.

Quero dizer, nós nunca voltamos o suficiente para os dois terem tido uma chance para se encontrar.

“Qual o problema?” (Otouto)

“Não, eu só estava imaginando porque você sabia sobre Raphtalia.” (Naofumi)

Quero dizer, ele cumprimentou ela bem naturalmente, agora mesmo.

“O que você quer dizer com por que?” (Otouto)

Como se ele pensasse que eu estava tirando sarro dele, meu irmão fez uma expressão pesada.

“Pelo bem do argumento, entende.” (Naofumi)

“Hah? Nii-san, você está ficando senil? Você está tendo demência prematura?” (Otouto)

“Calado. Só me diga.” (Naofumi)

“Quando você é apenas Nii-chan, você está tentando me dar ordens?” (Otouto)

Essa é a hierarquia da Família Iwatani.

Pode ser um pouco tarde, mas essa é uma bela linha que ele jogou ali.

Desde que eu fui para aquele mundo, eu tenho a impressão que eu fui assediado por um monte de pessoas estranhas, mas era assim desde o começo?

Mas isso não é o problema.

“Como se eu ligasse.” (Naofumi)

“Sério, qual o problema, Nii-san? Sua eloquência frouxa normal e merdice se foram, cara.” (Otouto)

Quem tem eloquência frouxa!?

Eu sempre meio que quis retornar, mas eu choro lágrimas ao receber este tratamento no meu retorno.

Por que meu próprio irmão mais novo tem que me cansar desse jeito?

“Não se preocupe sobre isso, só fale.” (Naofumi)

“Você finalmente despertou para seu papel como o filho mais velho? Que fora de personagem de você.” (Otouto)

“Por que seus olhos estão brilhando desse jeito? Você sempre tem só que adicionar aquela uma sentença extra, não tem.” (Naofumi)

“Se é contra Nii-san, então eu não perderei!” (Pseudo-Kiel)

Meu irmão mais novo repentinamente toma uma pose de luta.

Apesar de como ele parece, esse cara pratica Kendo, eu acho.

Ele também fez Karatê.

Oy, tem um mundo lá fora precisando de um Herói.

Ah, não faça um erro e seja acertado por um caminhão, ou alguma coisa.

Eu tenho um rancor pessoal contra reencarnadores no momento.

“Eu não pretendo entrar em brincadeiras de mão com você!” (Naofumi)

“Agora, seja mais e mais determinado! Eu aceitarei seu desafio a qualquer hora!” (Pseudo-Kiel)

O que há com ele?

Ele sempre teve esse tipo de personalidade?

“Só responda a pergunta logo!” (Naofumi)

“E-eu entendi…” (Pseudo-Kiel)

Com um pouco de tristeza, mas muito mais felicidade, meu irmão mais novo começa a falar.

Ele estava meramente zoando?

“Quando Nii-chan entrou na faculdade, Raphtalia-san veio para homestay[6] como uma estudante estrangeira de intercâmbio.” (Otouto)

“… Estudante estrangeira de intercâmbio. Homestay, é?” (Naofumi)

“Ela não era sua amiga na internet, Nii-san? Você falou para nossa mãe e pai, ela veio para nosso casa, e bem desse jeito, ela se tornou sua namorada, não se tornou, Nii-san?” (Otouto)

Okay, vamos organizar essa informação.

Parece que aqui, Raphtalia é tratada como uma estudante estrangeira de intercâmbio ficando nesta casa, sob o mesmo teto que eu?

E ela é minha namorada. Ainda mais, com reconhecimento parental?

Só que tipo de comédia romântica é essa?

“De que país Raphtalia veio mesmo?” (Naofumi)

“Eu não sei isso. Só que eu acho que você me contou antes. Qual era ele mesmo?” (Otouto)

Meu irmão faz uma expressão tentadora no que ele tenta recordar o nome do país.

Não, eu não acho que nem a Raphtalia sabe o país de que ela devia ter vindo.

É isso. Devo apenas dizer Melromarc em outro mundo?

A nacionalidade dela é viajante-de-outro-mundo. Essa frase pula na minha cabeça[7].

Não, eu realmente não posso rir nisso.

“Ah, Nii-san realmente tem isso legal. Tendo alguém como Raphtalia-san como sua namorada.” (Otouto)

“Na-namorada…” (Raphtalia)

Raphtalia embaraçosamente tocou suas mãos em seu rosto que se avermelha.

“Mas você tem uma também, não tem?” (Naofumi)

No passado, ele disse algo como 『Diferente de mim, o Nii-san sem namorada é lamentável. Você planeja se tornar um mago ou algo assim?』 para me provocar.

Apesar que eu só passei rindo naquela época.

Pensando de novo agora, isso realmente me irrita.

“É, mas comparada com Raphtalia-san… eu estou com inveja do Nii-san! Raphtalia-san, você pode esquecer Nii-san, e transferir para alguém com melhores prospectos futuros como eu?” (Pseudo-Kiel)

“Não rola.” (Raphtalia)

Isso foi rápido.

A resposta rápida e natural da Raphtalia me assustou um pouco.

É uma mistura de alegria e embaraçamento. Um sentimento estranho.

… Vamos continuar a conversa.

Irmãozin’ continua a falar fluidamente enquanto acena.

Você não é aquele com a eloquência frouxa?

“Como eu pensei.” (Otouto)

“Eu estou definitivamente dedando para sua namorada mais tarde.” (Naofumi)

“P-pare! Se boatos estranhos saírem, eu ficarei com problemas.” (Otouto)

Bem, ele é um Riajuu contendo uma namorada no seu terceiro ano do ensino médio.

Mas se a namorada dele ouvisse aquela frase, eu acho que ele seria espancado até.

Só que tipo de heroína de Galge ele devia ser?

“De qualquer jeito, não vá por aí dizendo coisas estranhas.” (Otouto)

“Isso depende da sua atitude.” (Naofumi)

“Nii-san, qual o problema? Você está muito mais frio do que antes.” (Pseudo-Kiel)

“Eu pensei que devia ser mais estrito daqui para frente.” (Naofumi)

É o que eu responderei por enquanto.

Eu vejo que meu longo tempo gasto em outro mundo me mudou o suficiente para as pessoas notarem.

“Entendo, é. Parece que Nii-san ficou só um pouco mais legal. No passado, você era gentil, ou como devo dizer, mole demais, então eu gosto da atmosfera que você está passando agora. Boa sorte com isso, Nii-san.” (Pseudo-Kiel)

É o que eu pensei, mas meu irmão levou a mudança positivamente.

“Mais importantemente, você.” (Naofumi)

Eu vou pegar essa chance para acumular um pouco de informação.

Eu aponto para as orelhas da Raphtalia.

“O que você pensa disso?” (Naofumi)

“Significando?” (Otouto)

“Não, quero dizer…” (Naofumi)

“O que?” (Otouto)

… Eu levemente cutuco as orelhas.

Raphtalia relutantemente treme elas para frente e para trás.

“Eu quero dizer isso.” (Naofumi)

“E de novo, o que?” (Otouto)

… Ele não consegue ver elas?

Eu gentilmente ergo a cauda.

“Ah…” (Raphtalia)

Raphtalia solta um gemido embaraçado.

Esse é um lugar bem sensitivo, parece. Eu sinto um pouco de pena, mas não tem o que fazer.

“Depois é isso.” (Naofumi)

“Eu não tenho ideia do que você está tentando me mostrar por um tempo. Você está se achando?” (Pseudo-Melty)

Fumu… as orelhas e cauda da Raphtalia não estão sendo reconhecidas pelos sentidos dele.

Então o que as pessoas estavam olhando quando nós andamos pela rua era simplesmente a beleza dela.

“Então agora, Nii-san. Comida, por favor.” (Pseudo-Kiel)

… Por que ele quer tanto minha comida?

Ele devia ser algum cão de tanga?

“Você não pode esperar até nossa mãe chegar em casa?” (Naofumi)

“Você prometeu!” (Pseudo-Kiel)

Ah, pelo amor de deus! Mesmo quando eu devia estar ocupado!

“Naofumi-sa, n, que tal você fazer isso para ele?” (Raphtalia)

“Ah, vê? Raphtalia-san entende~!” (Pseudo-Kiel)

A tensão do irmãozinho aumenta.

No fim… eu acabei fazendo o jantar.

Por que é que a primeira coisa que eu faço ao retornar de outro mundo é fazer a janta para meu irmão?

Ainda mais, enquanto eu estava na cozinha, minha mãe chegou em casa. Ela entrou na sala de estar, e começou a falar com Raphtalia como se fosse natural enquanto petiscava em sembei[8].

Ela parecia próxima de forma não natural da Raphtalia, contrariamente fazendo meu desconforto crescer para proporções massivas.

Bem, a indivídua em si parece estar desconfortável também.

“Raphtalia-san, no fim, o que Naofumi-san fez o dia todo?” (Mãe)

“Umm…” (Raphtalia)

Ele foi para outro mundo, e acabou sendo morto por uma deusa.

É algo que nós não podemos dizer.

“Ele estava jogando jogos de novo, certo? Você precisa colocar ele nos eixos.” (Mãe)

Pela minha experiência por ali, eu gostaria de oferecer uma reclamação ou duas.

Mas aqui… parece que meu dia = jogar.

Na verdade, era realmente assim antes que eu fui para aquele mundo, mas isso raspa meus nervos quando eles atualmente dizem isso.

“H-hai.” (Raphtalia)

Estando preocupada com uma resposta, Raphtalia dá uma resposta para não causar nenhum problema.

Depois disso, por alguma razão, eu acabei fazendo comida o suficiente para a família inteira, e finalmente, fui para meu quarto com Raphtalia.

Bem, não é como se eu não fizesse tarefas toda vez que eu sentia vontade, mas…

E por alguma razão, o quarto da Raphtalia era no segundo andar também.

Se a memória funciona, aquilo devia ser um depósito, ou algo do tipo.

“O que você acha que aconteceu?” (Raphtalia)

“Um lugar para você neste mundo foi feito… o Espírito do Escudo realmente disse que ele podia mexer com causa e efeito até algum ponto para que eu pudesse trazer alguém junto.” (Naofumi)

É provável que este é o mundo adulterado.

Só quão cuidadoso ele foi?

De qualquer jeito, depois de acabar o trabalho servil, eu levei Raphtalia, e retornei para meu quarto.

Eu não notei isso porque eu estava deprimido por ter sido forçado a cozinhar, mas eu tinha casualmente trazido Raphtalia para dentro do quarto.

“É um pouco estreito, não é?” (Raphtalia)

Bem, comparado com a casa na vila, claro que meu quarto é estreito.

Eu pensei que meu quarto iria fazer ela recuar, mas parece que esse não é o caso.

Se eu tivesse que decidir, eu assumiria que ela só não sabia que não tinha nada[9].

“Is-isso mesmo.” (Naofumi)

“Então este é o quarto do Naofumi-sa, n?” (Raphtalia)

Raphtalia incessantemente observa o interior.

Os posteres e figures estão no armário.

Só tem mangá sobrando largado por aí.

“Esses são livros?” (Raphtalia)

“Sim.” (Naofumi)

“Está tudo bem se eu ler eles?” (Raphtalia)

“Você consegue ler eles?” (Naofumi)

Ela não sabe o sistema de letras.

Mas se você pensar sobre isso, você consegue entender alguns mangás só pela arte.

Raphtalia puxa um volume de Mangá da prateleira, e abre ele.

Seu conteúdo era de atividades de clube de garotos e garotas de um ensino médio normal. Era uma típica comédia romântica.

“Esse é o lugar que nobres vão para estudar?” (Raphtalia)

“Bem, isso é uma característica da nossa cultura, por assim dizer, se eu fosse colocar isso de forma simples…” (Naofumi)

“Isto parece a arte do Herói da Lança, e da Costureira.” (Raphtalia)

É… aqueles dois fizeram isso.

Era na verdade bem popular na vila.

A Costureira realmente parecia alguém que iria desenhar Doujinshi. E sim, ela realmente acabou desenhando eles.

Os do Motoyasu eram ero-doujins. Eles eram principalmente de amor vaporoso com Firo.

Mas aqueles eram apenas ele descontando suas emoções.

Nesse sentido, Mangá existiu naquele mundo.

Apesar que o gênero era um pouco influenciado.

Eu verdadeiramente não tinha absolutamente interesse algum, então eu não realmente me lembro disso.

“Ah, certo. Raphtalia, por favor se lembre disso.” (Naofumi)

“O que poderia ser?” (Raphtalia)

“Neste mundo, no país em que eu vivo, quase todas as pessoas por volta da nossa idade vai para escola. Você vai ser provavelmente tratada como se você está indo também.” (Naofumi)

“E-eu também? Para estudar para nobilidade?” (Raphtalia)

O lugar para nobres estudarem… parece que eu terei que oferecer um pouco de explicação.

Bem, eu colocarei esse assunto de lado por hora. Enquanto ela entender isso.

“É, então até nós decifrarmos algo, nós teremos que viver nossas vidas aqui. E então, vamos tentar duro para você encaixar aqui.” (Naofumi)

“H-hai.” (Raphtalia)

Primeiro, eu terei que ensinar para ela como se lê e escreve.

Hmm.

A propósito, eu chequei o Manual das Quatro Armas Sagradas depois disso, e ele mostrou absolutamente nenhuma mudança.


Notas do Tradutor[edit]

  1. Hora de ser chato – galge é simulador de encontro
  2. Hora de ser chato² - figures são… bom, figures. É basicamente bonecas, apesar das de melhor qualidade serem fixas, algumas são articuladas…
  3. Riajuu… digamos que é a pessoa que tem uma vida de verdade satisfatória e tal… é antônimo de Thyros
  4. Isso é ‘irmão mais novo’, não o nome dele
  5. Ele gosta de falar ‘ya’ no lugar de ‘você’, bem informal o garoto…
  6. Homestay é literalmente ficar em casa; basicamente eles estão abrigando ela durante o intercâmbio dela e… eu odeio esse tipo de coisa que eu não sei traduzir mas sei o que é…
  7. E o sentido pulou para fora durante a tradução, mas fazer o que
  8. É um biscoito de arroz japonês
  9. A frase em inglês está ruim também, deixar isso claro
Voltar para Web Chapter 357 Retornar para Página Principal Avançar para Web Chapter 359