Tate no Yuusha no Nariagari:Web Chapter 357 (Brazilian Portuguese)

From Baka-Tsuki
Jump to: navigation, search

Capítulo 357 – Retorno Indesejável[edit]

Raphtalia está aqui.


Eu olho a área ao redor mais uma vez.

Yep, esse não é outro mundo. Isso é a biblioteca da minha realidade.


“Hum, Naofumi-sama?” (Raphtalia)

“Shh! Esse é um lugar onde você tem que ficar quieta. Eu não sei o que esta acontecendo também, então me deixe pensar por um segundo.” (Naofumi)


Eu digo isso para Raphtalia, e olho o Manual das Quatro Armas Santas de novo.

… Eu noto que as paginas que estavam em branco começam a revisar elas mesmas.


-Tendo o Herói da Espada, Lança e Escudo, e também o Vassalo do Martelo derrotados deixou o Herói do Arco e seu grupo em desespero.

No fim da batalha, eles encarraram uma derrota completa.

Enquanto a batalha se alastrava, Medea soltou uma risada alta enquanto ela recuava suas forças, quem destruia em nome da diversão.

Pelo capricho de seu inimigo, suas vidas tinham sido poupadas, mas aqueles deixados para trás eram incapazes de sentir qualquer alegria desse ato.

As perdas que eles enfrentaram tinha sido muito grande.


Parece que a Deusa exibiu sua vantagem ao recuar.

Eu me pergunto que tipo de desenvolvimento vil aguarda.

É realmente um sentimento desagradável. Tendo aquele rosto irritante aparecendo na minha cabeça me faz querer socar alguma coisa.


“Oy, o que isso quer dizer?” (Naofumi)


Eu tento falar com o livro.

Mas o livro mostra absolutamente sinal algum de ação.

Ku… o que eu deveria fazer?


“N-Naofumi-sama?” (Raphtalia)

“S-sim…” (Naofumi)


O livro e meu bracelete não mostram reação. Eu tentei mexer neles, mas nada aconteceu.

Talvez se eu continuar fazendo isso em silencio, nada vai ativar.


“Nós não seremos capazes de falar muito aqui. Vamos andando. Siga-me. Eu vou explicar onde nós estamos no caminho.” (Naofumi)

“Sim.” (Raphtalia)


… Como eu deveria explicar o rabo e as orelhas de Raphtalia?

Bom, eu acho que eu posso só falar que é cosplay… certo?

Eu pego o Manual das Quatro Armas Santas na mão, e conduzo Raphtalia para a mesa da recepção.


Eu levanto a capa, e verifico em volta.

Yep, não tem um chip de segurança em canto algum nele.

Mesmo assim, eu deveria tentar?

Eu tiro meu cartão da biblioteca, e um livro aleatório que estava perto, antes de colocar ambos no balcão. Eu silenciosamente passo eles para a recepcionista.


“Hum… esse livro é…?” (Recepcionista)


A recepcionista olha por todo o livro antes de inclinar a cabeça.

Parece que não é algo registrado nessa biblioteca.


“Ah, desculpe. Eu esqueci, eu trouxe esse de casa.” (Naofumi)


Eu casualmente pego o livro de volta, e termino os procedimentos de aluguel com sucesso.

Depois disso, eu os enfiei na mochila que eu tinha trazido comigo para biblioteca, com todos os outros livros que eu aluguei. Eu conduzi Raphtalia para fora do prédio pela mão.


Depois de sair da Biblioteca, Raphtalia observa a área com olhos bem abertos.

O prédio era em uma relativamente urbana, então tinha vários bares e estabelecimentos comerciais ao redor.

E ainda mais, carros e luzes de trafego… tinha varias coisas que ela não teria visto lá. Sua reação era natural.


“Naofumi-sama, onde estamos exatamente?” (Raphtalia)

“Sim, parece… nós estamos no meu mundo.” (Naofumi)

“Eh!?” (Raphtalia)


O que era refletido em meus olhos era a usual aparência ao redor da biblioteca.

É só minha imaginação que a qualidade do ar parece ter ficado pior?

Eu acho que o ar de la era mais limpo.

É o familiar mundo que eu desejei por tanto tempo, mas…


“Por alguma razão, Raphtalia, eu voltei para esse mundo com você. Para organizar a situação, por favor só me siga em silencio.” (Naofui)

“S-sim! Então esse é o mundo do Naofumi-sama.” (Raphtalia)


Ela olha ao redor inquieta enquanto anda atrás de mim.

Pessoas aleatórias estão dando olhadas rápidas para ela.

Então suas orelhas e rabo realmente se destacam?

Não, mais importante, o rosto de Raphtalia talvez seja o que eles estão se focando.


Esse é um bom ponto do Japão. Mesmo que alguma coisa pareça estranha, eles só deixam passar[1].


Enquanto eu penso nisso, eu noto que meu estomago está vazio.

… Tem dinheiro na minha carteira.


Eu almejo Junk Food.

Eu ouvi que uma vez que você vai para o exterior, o você começa a desejar o sabor de casa, talvez isso seja o mesmo.

É porque a comida la não tinha muito gosto.

Eu costumava preferir comida com sabores fortes, mas eu simplesmente não tinha os temperos necessários.


“Okay!” (Naofumi)


Vamos a um restaurante.

Eu arrasto Raphtalia junto comigo e entro em um restaurante de família.

Talvez eu deveria ter levado ela naqueles de shopping para ver sua reação.

Dessa vez, eu só nós trouxe a um Restaurante chamado Storm.


“Bem vindo, quantos vamos estar servindo hoje?” (Garçom)

“Dois.” (Naofumi)

“Dois, é isso? Então por aqui por favor.” (Garçom)


O anfitrião nos leva, e pegamos nossos assentos.

Raphtalia parece estar inquieta, mas ela não parece tão chocada.


“Hum, que tipo de loja é essa?” (Raphtalia)

“Você não consegue dizer?” (Naofumi)

“Não, eu entendo que é onde vendo comida, mas você falou para mim silenciosamente seguir você, e acabou sendo para um lanche…” (Raphtalia)

“Está certo… mesmo assim, eu preciso de tempo para pensar. Eu também estou faminto, então eu pensei que nós poderíamos parar para comer.” (Naofumi)

“Eu entendo. Eu gostaria de tentar a comida do seu mundo.”(Raphtalia)

“Então aqui está o menu. Peça o que você quiser.” (Naofumi)

“Ah, sim! Wow, tem um pequeno cristal de projeção preso nisso?” (Raphtalia)[2]


Fumu… agora que eu penso sobre isso, aquele mundo teve avanços tecnológicos bem estranhos.

Cristais de Projeção seria o equivalente à algo como Hologramas 3D aqui, certo?

Bem, os imóveis são apenas imagens, então… não, talvez uma pintura?


“Você não chamaria isso de um simples desenho?” (Naofumi)

“Hmm? Mas isso não é realmente detalhado? Havia um pintor entre os Lumos, mas eu sinto que tem algo fundamentalmente diferente sobre este aqui…” (Raphtalia)


Ah, então é desse jeito.

Naquele mundo haviam pinturas baseadas em água e óleo, assim como jeitos mágicos de colorir.

Haviam vários jeitos de se fazer uma imagem.

Não é como se elas não tivessem um movimento realista, mas aqueles não eram tão altos em números…

Mais do que um pintura, é mais rápido só chamar isso de foto. E para esse propósito, um Cristal de Projeção encaixa melhor.


“Então este aqui.” (Raphtalia)

“Você consegue ler o nome?” (Naofumi)

“Não…” (Raphtalia)


Então ela não consegue ler a linguagem.

Palavras faladas serão cuidadas através da vassala dela, mas escrita é um pouco…

E espera, se isso fosse possível, eu não teria que ter passado por tanto problema naquele mundo.

Eu pressiono o botão para chamar o garçom, e faço meu pedido.


“Você só apertou[3] um botão para ele, certo? Este é um restaurante de alto nível?” (Raphtalia)


Se você pensar sobre isso, Raphtalia esteve em restaurantes locais incontáveis vezes naquele mundo, então ela não está dando muito de uma reação.

E não é como se não tivesse nenhum lugar onde você tinha que soar um sino para chamar o servidor.

Apesar que nós raramente alguma vez fomos em restaurantes de uma classe tão alta assim.


“Isso é normal, até para a plebe do meu mundo.” (Naofumi)

“É mesmo? I-isso é bem incrível…” (Raphtalia)


Bem, eu imagino se a reação da Raphtalia está errada.


“Do lado de fora, carros como aqueles em Faubley estão indo em velocidades maiores do que Firo.” (Raphtalia)


Raphtalia expressa seus pensamentos no que ela olha para a rua fora da janela.

Bem, é verdade que a velocidade de um carro é mais rápido do que Firo.

Mas a velocidade total daquele pássaro é muito maior.


Quando ela está aumentada com Aura, isso vai ainda além, e em estradas curvas ou desiguais, ela consegue continuar sem abaixar a velocidade.

Nesse sentido, o pássaro é mais versátil do que o carro.

Nós devemos instalar uma Rainha Philorial por casa.


“Os maiores podem até carregar mais coisas que ela.” (Naofumi)

“W-wow.” (Raphtalia)

“Bem, é uma questão de capacidade de carga, então se nós fizermos algo sobre o tamanho dela, Firo deve ser capaz de carregar isso.” (Naofumi)


E enquanto nós estávamos participando em conversa fiada, a comida veio.

Isso foi rápido.

Não… aqui isso era normal.


Raphtalia também ficou assustada com a velocidade da comida


“Obrigado por esperar~.”


O garçom coloca os itens que nós pedimos na mesa.

O que está diante de mim é o nostálgico gosto do meu mundo.

Ah… só quantas vezes você apareceu nos meus sonhos? Eu começo a comer com garfo e faca.


“Obrigada pela comida. Hum, eu acredito que a comida que Naofumi-sama faz é melhor.” (Raphtalia)

“Eu não preciso do puxa-saquismo.” (Naofumi)

“Não é isso que eu quis dizer… eu acho que essa comida é gostosa, mas o sabor é muito profundo.” (Raphtalia)


Quero dizer, não é como se eu usei muitos temperos naquele mundo.

Eu fui dito que as comidas com gostos desconhecidos são boas.

Mas não havia anda que eu podia fazer sobre o sabor simples.


Na verdade, eu ouço que muitos da geração mais jovem deste mundo não liga para nutrição.

Mas para mim, isso é irrelevante.

No que eu penso por essas linhas, o gosto de hambúrguer preenche minha boca.


“…”


Para ser honesto, isso não era realmente tão bom.

Mas por alguma razão, o primeiro bife de hambúrguer que eu tive em meio ano foi o melhor que eu já provei.


Nós terminamos de encher nossos estômagos, e saímos.

… No que eu estava deixando o restaurante de família, uma junta de hambúrguer[4] pegou meu olho.


“Okay, vamos lá também.” (Naofumi)

“Você planeja comer mais?” (Raphtalia)

“Eu só estou saboreando o gosto da minha casa.” (Naofumi)


Eu estava cheio, mas a nostalgia atiçou meu apetite.

E com ¥500, você pode comer bastantinho.

Neste momento não é a hora para pensar sobre minha situação financeira, e se for só isso, eu posso gastar isso.


“Agora em frente, Raphtalia!” (Naofumi)

“H-hai!” (Raphtalia)


E então eu comi hambúrgueres, e o que quer que parecia interessante até eu ter ficado satisfeito…

Eu comi demais… eu me sinto enjoado.


“Então esse é o gosto da cidade natal do Naofumi-sama.” (Raphtalia)

“Basicamente.” (Naofumi)


Raphtalia diria isso toda hora, mas no fim, ela concluiu que o gosto era muito grosso.

Eu não acho que há nada que eu possa fazer sobre isso, mas isso é realmente tão ruim?

Minha graça salvadora veio no fato que haviam muitas coisas que Raphtalia disse que ela gostou no que nós pedimos.

Ela terá que se acostumar com a cultura culinária por aqui, então se não ter nada que ela goste, será duro.


Bem, pra viagem[5] tendo um sabor grosso é algo natural.

Eu aleatoriamente seleciono um banco de parque para me abaixar nele, antes de tirar o Manual das Quatro Armas Santas da minha mochila, e olho para ele de novo.


“Esse é o livro que você leu antes de você ter sido invocado?” (Raphtalia)

“É, eu acabei de folhear por ele mais cedo, mas o que nós fizemos está registrado também.” (Naofumi)


… Mas nada foi escrito depois do que eu li sobre deixar a biblioteca.

Parece que o inimigo recuou, mas naquele mundo, o único Herói Lendário sobrando é Itsuki.

Tem Lixo, e os outros Vassalos, assim como Glass, mas isso será uma batalha dura.


A última cena que eu vi naquele mundo pisca de novo na minha cabeça.


Não… mesmo que nós permanecêssemos ali, ganhar teria sido difícil.

Honestamente, eu não consigo imaginar um cenário onde nós iríamos ficar triunfantemente acima deles.

Porque mesmo agora, eu não entendo o que é que causou minha perda.


“U… mu…” (Naofumi)


Ainda assim, eu não posso entender o que eu devo fazer agora.

Eu nunca pensei que eu iria achar estranho que meu status não estava no meu campo de visão.


E espera, quando eu tinha sentido que algo estava estranho mais cedo, era a sensação do ar. Alguma coisa está diferente.

É como se… alguma coisa que devia estar lá naturalmente tivesse sumido completamente.

O que eu devo comparar com isso? Eu só posso dizer que é uma peculiaridade no ar daquele mundo.


“Naofumi-sama…” (Raphtalia)


Raphtalia está olhando para mim com uma expressão preocupada.

Para poder prevenir ela de se destacar, a vestimenta dela consiste numa camiseta e jeans.

Você pode chamar isso garotesco[6] se você quiser.

O cabelo da Raphtalia é longo, e a figura dela não é ruim, então eu acho que ela fica bem neles.


“Eu não tenho a menor ideia do que a causa foi, mas nós perdemos. Não, é mais preciso dizer que nós morremos. Pela hora que eu notei, nós acordamos aqui, no mundo de que eu originei.” (Naofumi)


Eu mostro para Raphtalia meu Escudo, que foi convertido numa correia simples.

E em retorno, Raphtalia me mostrou o martelo convertido em correia dela.


“Uma possibilidade é que o Martelo e o Escudo nos deixaram escapar aqui como uma medida de emergência.” (Naofumi)

“Mas isso não soa correto.” (Raphtalia)


Raphtalia dá um peteleco na correia no braço dela no que ela responde.

Certo. Ela não tem dado nenhum tipo de reação.


“Bem, não há sentido em se preocupar sobre isso, então vamos continuar a conversa. Nós viemos para meu mundo, e eu não sei nenhum jeito para voltar.” (Naofumi)

“Sim… porque nós perdemos…” (Raphtalia)

“Sim, me irrita sem fim que nós fomos embora desse jeito. Então aqui está o único problema.” (Naofumi)

“O que é?” (Raphtalia)

“Raphtalia, é sobre sua vida aqui. Eu lhe disse que viver no meu mundo seria problemático, certo?” (Naofumi)


Quero dizer, ela é uma pessoa de outro mundo aqui.

Ela não tem uma entrada no registro de família, e ela terá problemas achando um lugar para viver.

Não importa o que aconteça, eu acolherei ela, mas eu não sei por quanto tempo eu serei capaz de fazer isso.


“Também, não parece que alguém disse algo sobre sua cauda e orelhas, mas se elas forem descobertas, isso pode ser perigoso.” (Naofumi)


Se eles perceberem que ela é de outro mundo, eles podem trazer ela para investigação.

Eu duvido que eles irão apenas ‘Oh, que incrível~~’. Tem uma alta chance dela ser levada para algum instituto de pesquisa em algum lugar.

Nós teremos que evitar isso o melhor que pudermos.


“H-hai.” (Raphtalia)

“Ah, verdade. Você consegue usar magia? Tente esconder eles o melhor que você puder.” (Naofumi)


Eu concentro minha mente, e testo para ver se eu ainda consigo usar magia.

… Eu acho que Revelação será impossível.


『Eu, O Herói do Escudo, que entendi a origem do poder comando. Deixe a lenda ser lida em diante mais uma vez, e conceda tudo nele』 「Zveit Aura」


Oh? Aura ativou.

Um alvo flutua levemente no meu campo de visão.

Raphtalia também tentou.


『Eu, que entendi a origem do poder comando. Deixe a verdade ser lida em diante mais uma vez, deixe bolas de luz surgirem』 「Luz Rápida」


Na mão esticada da Raphtalia, uma fraca bola de luz apareceu.

Mas era uma luz bem fraca. Parece que ela ia apagar a qualquer momento.

Com isso, um isqueiro de ¥100 seria mais confiável.


“Uu… como eu devo dizer, controlar ela se tornou realmente difícil.” (Raphtalia)


A luz imediatamente sumiu.

Fumu… eu não consigo usar nada da Ordem do Pulso de Dragão, e os efeitos da magia normal são fracos.

Seria bem romântico ser capaz de usar magia de outro mundo, mas a saída de força é realmente baixa.

É provavelmente porque poder mágico vem de nossos corpos, então nós podemos usar um pouco dele. Isso soa possível.

Eu não sei se eu serei capaz de recuperar nossa magia interna em primeiro lugar.

Mas ficar nisso não vai resolver nada.


“De qualquer jeito, por hora…” (Naofumi)


Só pense sobre isso.

Não há nada que eu possa fazer. Nem o Manual das Quatro Armas Santas nem o Escudo reagem às minhas palavras.

Só o que vocês querem que eu faça?


“Vamos para minha casa.” (Naofumi)

“A casa do Naofumi-sama?” (Raphtalia)

“Ah…” (Naofumi)

“Naofumi-sama? Qual o problema?” (Raphtalia)


Para uma bishojo estar adicionando -sama ao meu nome… isso não é um pouco ruim?

Ela disse isso de novo e de novo no restaurante, mas agora que eu penso sobre isso, é embaraçoso.

Eu acho que isso é prova que nós retornamos para o mundo da minha realidade.


“Raphtalia, enquanto nós estarmos neste mundo, por favor não me chama -sama.” (Naofumi)

“Huh? En-entendido.” (Raphtalia)


Raphtalia acenou.


“N-Naofumi…sa-” (Raphtalia)


Ela repentinamente se cortou no que o rosto dela está tingido num tom profundo de vermelho.


“Naofumi-san.” (Raphtalia)

“É, isso está bom. Agora, é sobre você…” (Naofumi)


Seria legal se pessoas pensassem de Raphtalia-san como o apelido ela, ou pseudônimo, ou alguma coisa…

Que tipo de nome eu devo… eu olho para Raphtalia.

O rosto dela faz parecer meio estrangeiro, e o cabelo dela é marrom.

Ela está dentro do alcance onde eu posso fazer pessoas pensarem que ela é japonesa?

Não, não é como se dizer que ela é uma mista[7] não funcionará, mas será um pouco chatinho[8].


“Devo lhe chamar por um nome falso, como Shigaraki Tanuko, ou algo assim?” (Naofumi)

“Você tem certeza que você está bem em me chamar desse jeito?” (Raphtalia)


Bem com aquele nome? Eu?

Claro que não.


Em primeiro lugar, Shigaraki só vem do fato que ela é uma garota Tanuki.

E espera, Tanuko é insultante, não é?

Apesar de fui eu que propus isso.

Ponko, Rafuko… já tem uma Raph-chan.


“Se nós tivermos problemas, nós iremos pensar em um. Neste momento, eu acho que Raphtalia está bem. Então vamos lá.” (Naofumi)

“H-hai.” (Raphtalia)


Nós andamos pela cidade antes de chegar na minha casa.


Notas do Tradutor[edit]

  1. É assim como mulheres sendo assediadas…
  2. Esta é a última linha da Iviless, agora o resto é comigo, Thyros
  3. Eu tenho minhas dúvidas se é ‘só apertou’ ou ‘acabou de apertar’; malditas palavras com 500 sentidos diferentes!
  4. Tá, vamos resumir: ele comeu carne de hambúrguer como bife num restaurante familiar, estilo o de Working!, agora tá indo num McDonald’s da vida
  5. Ele está falando de comida que pega para viagem, mas não disse comida… eu sei que ia ficar estranho sem essa nota falando, mas…
  6. E pela primeira vez na minha vida eu entendo como a língua inglesa é genial por fazer coisas como ‘boyish’ ou qualquer coisa-ish
  7. Hora de encher o saco: misto de japonês com estrangeiro é chamado de ‘half’, de ‘meio’ -> eles são meio chatos com estrangeiros, isso vale ser lembrado
  8. O chato é que terá que se usar de muitos rolos para dar certo…
Voltar para Web Chapter 356 Retornar para Página Principal Avançar para Web Chapter 358