High School DxD:Volume 5 Palavras do Autor

From Baka-Tsuki
Jump to: navigation, search

Pósfacio[edit]

Se isso aqui ficasse mais famoso, eu gostaria de fazer músicas com os peitos de cada uma das heroínas cantando.

A tsundere que os leitores tanto esperaram apareceu (nesse caso nos peitos da Asia).

Já faz um tempo. Ishibumi aqui. Mais travessuras foram feitas dessa vez... de novo.

A história chegou tão longe só com peitos como contexto que até mesmo eu estou surpreso.

E assim, o Ise se tornou um protagonista que fica bombadão como um Super Saiyajin ou uma Bankai, só por apertar peitos. Agora que penso nisso, o Ise ficou doidão quando os peitos da Buchou estavam prestes a serem diminuídos pela metade, não foi?

Sobre o Bilingual... eu estava meio biruta quando pensei nisso. Talvez uma doença?

O volume 5 é o maior volume até agora, sendo assim, o posfácio também acaba sendo, já que tenho que falar de tudo isso. A seguir também haverá spoiler, então, por favor, leia o resto do volume primeiro.

- Novos Personagens e o Submundo[edit]

Então, os novos personagens dessa vez são o dragão monstruoso e o demônio juvenil número um, mas eu pretendo dar mais valor ao Tannin e ao Sairaorg a partir de agora, então, por favor, fiquem de olho.

Os companheiros do Vali também apareceram um atrás do outro. Kuroka, a irmã da Koneko, e o misterioso espadachim da Espada Sagrada Real. Tem mais? Mistério.

A história se expandiu no volume que passou, mas eu também tinha que explicar detalhe por detalhe e misturar o mundo dos demônios, então dessa vez falei disso. Desde o início a Aliança dos Três Grandes Poderes foi feita pelo bem de deixar o Grupo Gremory contra o Time do Vali e para os Rating Games entre os demônios juvenis.

Eu também continuarei com isso a partir de agora, e eu gostaria de falar sobre outras coisas, além dos acontecimentos durante esses eventos.

Por que, no final das contas, o foco da história é a vida escolar e uma comédia romântica, com o desenvolvimento do Ise e dos outros.

No entanto, falar sobre o Submundo foi um baita desafio. Essa história é uma fantasia nos dias atuais, sendo assim, o Japão nos dias atuais também faz parte desse mundo. Criar um mundo completamente diferente disso foi um sacrifício.

- Koneko e os membros do clube.[edit]

O assunto sobre a Koneko ser uma nekomata foi discutido entre mim e o Editor-san desde o início da série. A oportunidade nunca apareceu e a verdadeira identidade dela ficou desconhecida por mais de um ano, mas finalmente esse empecilho desapareceu de vez.

Com isso, todos os membros do Clube de Pesquisas Ocultas tiveram seu passado e identidades revelados. Eu sinto que agora só preciso mostrar como eles superam isso. Todos tem algum fardo, mas eu gostaria de ter eles superando isso junto do Ise.

Quando escrevo sobre o clube de Pesquisas Ocultas, eu tenho a mania de fazer pares. Por exemplo, a Rias-buchou e a Akeno-san são a dupla “Onee-sama”. Depois do volume 4 essas duas viviam se estranhando, mas isso é porque estou escrevendo sobre a dupla “Onee-sama” que compete pelo Ise.

Com isso, a Xenovia fez dupla com a Asia. O primeiro encontro delas foi horrível, mas agora elas são amigas inseparáveis. Eu queria criar uma melhor amiga pra a Asia e a Xenovia, então acabei fazendo essas duas, que são relacionadas com a Igreja, um par.

Pra Koneko-chan, o parceiro é o Gasper, também conhecido como Gya-kun, ou Gya-suke. A dupla do primeiro ano. Eles são um par com uma criancinha de língua afiada e com um recluso que se veste de menina, mas os dois são kouhais fofos, então eu espero que os leitores também gostem deles. Por último está a dupla dos garotos. Ise e Kiba. Na história, o Kiba atormenta o Ise constantemente.

O trunfo é o Kiba, não importa o que você pense. Até o volume 5, a quantia de inimigos que ele derrotou era a maior entre os membros do clube. O Ise é o personagem principal, sendo assim ele com certeza vai ficar forte mais pra frente. Eu também quero que o Kiba fique pau a pau, como um companheiro que está lá pra ajudar. A minha vontade é fazer com que ele seja mais ativo e esteja ali para o que der e vir, seguindo o Ise e a Rias. De qualquer forma, é fácil de descrever ele em batalha.

Por último, o Azazel-sensei. Do nada ele mostrou jeitos de lutar que ninguém do clube tinha pensado, e se mostrou uma droga como professor. Dessa vez ele lutou por trás da cortina, por assim dizer, mas se ainda assim o número de leitores que gostam dele aumentar, eu ficarei feliz.

E existem tantas preocupações sobre o que vai acontecer com a [Rook] que ainda está disponível, mas isso é algo pra mais a frente. Acho que ainda esse ano eu chego lá.

Só uma dica sobre a capa do volume 5. Quando você para e olha essa imagem, a Koneko-chan está sem...........

- Rating Game[edit]

A história do volume 5 foca na Koneko e no Saji. Eu particularmente fiquei feliz em escrever a história dessa vez, pois eu pretendia fazer essa luta desde a primeira vez que criei o Saji. Afinal de contas, eu queria que o Ise fosse derrotado pelo menos uma vez, e pensei no Saji como sendo o único que poderia cumprir essa missão.

Eu queria fazer o Ise se foder no volume que ele atingisse o Balance Breaker. Sou um autor malvado, não sou?

Existem muitos personagens promissores nessa série, mas ainda assim estive pensando que seria bom dar um foco nos personagens que se esforçam. O Ise o Saji são desse tipo. Eu não queria ficar escrevendo que você não pode se dar bem se você não tiver talento. Porque diversas vezes vi que trabalho duro vale a pena. Essa era a mensagem da vez.

Na verdade, gosto de pensar sobre os campos de batalha e as táticas nas batalhas de Rating Game, mas por essa série ser uma comédia romântica, eu pensei que eles não deveriam começar simplesmente participando dos jogos, então eu primeiro explorei os personagens e o conteúdo.

Sendo assim, ainda haverá mais partidas no futuro. Falando nisso, você notou? Os membros que foram retir ados e os membros que restaram foram o oposto da luta contra o Phoenix.

- Pra todos os leitores[edit]

Muito obrigado por todo o apoio! Graça a vocês essa série tem continuado. Parece que ainda vou longe, então vamos junto nisso. Eu gostaria de chegar pelo menos aos dez volumes.

Eu também recebi cartas de fãs! Desde o volume 4 tem havido muitos comentários sobre a Akeno-san. Devo supor que todos se apaixonaram pela Akeno-san no volume 4? Desde lá eu também tenho adorado escrever a Akeno-san. Prestem atenção na dupla erótica de Onee-samas, mas é claro que a Asia e a Koneko-chan também não vão deixar barato.

- Sobre mim[edit]

Graças a isso aqui, estou atolado de trabalho todos os dias. Minhas costas, que fraturei na primavera passada por ser sedentário, ainda estão em reabilitação, mas estou quase novo. Saúde em primeiro lugar. Eu também comecei a tomar aojiru. (suco verde.)

- Agradecimentos e sobre o próximo volume[edit]

Agradeço ao Miyama Zero-sama e ao Editor H-sama, por finalmente concluirmos cinco volumes.

Toda hora estou falando sobre oppais com o Editor-san... é peitos pra cá e peitos pra lá. Quando fomos a um Yankiniku1 juntos, nós também ficamos discutindo sobre oppais.

Eu mudei a forma como a Akeno-san do volume 3 suga o dedo do Ise, e pra falar a verdade, também é diferente da correção que fiz no volume 4. Eu achei o que queria e agora está bom. Dessa vez eu novamente quis fazer um: “Chupe os peitos da Buchou e fique fodão!”, mas já que eu não consegui viajar tanto assim, foi apertando mesmo.

Mas, foi o Editor-san que começou com isso, pedindo: “Por favor, coloque um pouco de putaria nas cenas de batalha”, lá no volume 2. Pensando algo tipo: “Ah, tudo bem... eu acho.”, eu escrevi e mandei o desenvolvimento tosco onde as roupas das garotas eram arrancadas. Enquanto eu pensava que eles com certeza iriam negar isso, eles me vieram com: “Demais! Foda, foda!”, e aprovaram na hora. Esse é o segredo por trás da criação do Dress Break, mas ainda assim estou contente que o Dress Break tomou forma. O apoio por parte dos leitores também foi alto. E, claro, o autor e o editor também são pervertidos.

No entanto, eu finalmente cheguei ao ponto de falar com peitos, mas... No que isso tudo vai dar?

E Miyama Zero-sama. Eu realmente peço desculpas por sempre vir com ideias e personagens nada haver. Mas eu realmente estou profundamente emocionado com suas ilustrações maravilhosas de cada volume. A perfeição das imagens em preto e branco é tão grande que me faz tremer e gritar: “Magnífico, magnífico!”, toda santa vez. Leitores, por favor, leiam as histórias curtas também. Só de olhar pras ilustrações do Miyama-san já as faz valerem a pena. Tem uma Buchou criancinha e uma yuki-onna2, vocês vão adorar isso.

Aquela ilustração da armadura do Ise e do Vali no volume 4 foi realmente foda. Eu fiquei realmente feliz que aquela cena deles transformados foi feita, e quando vi aquilo, fiquei pensando: “Caralho.”.

E é meio óbvio, mas eu sempre acreditei veemente que High School DxD conseguiu chegar tão longe assim não só por minha causa, mas também graças ao apoio que eu tive do Miyama-san e do Editor-san desde o início.

Quando penso nisso, eu consegui chegar até aqui, mas parece que vou continuar ainda por um bom tempo, então, por favor, continuem a apoiar!

O próximo volume é sobre a Asia. No volume 5 isso terminou meio viajado, mas no volume 6 será mais sério. O segundo semestre pode vir a ficar mais longo que o primeiro, mas, por favor, continuem conosco!

- Deixe o tradutor do Portal AMLN falar também[edit]

Olá leitores, aqui é Darkkaos escrevendo pra vocês.

Antes de tudo, gostaria de deixar lembrado que o volume 5 de DxD foi lançado em 19 de Dezembro de 2009, no Japão.

Estou traduzindo esse posfácio muito tempo depois de ter traduzido o volume 5, acho que faz quase... (olha a data do lançamento da finalização do volume 5)... 7 meses (Dezembro de 2013). Desde lá, até uma revisão a tradução sofreu. Pode parecer fácil, mas em alguns momentos a tradução não é nada fácil. São horas procurando alguns termos e tentando manter os personagens o mais próximos do estilo de falar já conhecido, entender e especular os nomes dos personagens, afinal, quem aqui não viu o anime de DxD?

No início, o trabalho foi criado pra que um amigo meu pudesse ler, e eu nem tinha intenção de publicar, mas com o passar do tempo acabei lançando e muita gente gostou. Isso me deixa realmente feliz, afinal, sempre amei leitura, e hoje posso ajudar algumas pessoas a ler esse trabalho que tanto gosto.

Esse volume 5 foi especialmente difícil de traduzir, visto que não é o mesmo tradutor de vários outros volumes. O estilo é meio diferenciado, e alguns termos também, então minha tradução pode ser meio diferente. Tentei deixar a forma dos personagens falarem a mais próxima do japonês possível, mesmo algumas frases não sendo tão “normais” para os brasileiros lerem.

Quando foi dada a ideia de tradução do posfácio, isso ficou perfeito, pois assim posso dar um agradecimento e fazer comentários idiotas sobre o que acho da obra hehe.

Um dos meus personagens favoritos ganhou alguma luz nesse volume. Sim, é isso mesmo, eu gosto da Koneko. Todos a notam só como uma criancinha sem peitos, perdida na história, mas sinceramente a vejo como um personagem de personalidade muito interessante pra toda a trama. Claro que ela infelizmente nunca tirará o lugar da Rias, mas quem se importa? Loli power (sim, termos em inglês nos posfácio serão padrão) é o que conta.

Queria agradecer ao meu amigo Gustavo que deu a ideia dessa tradução. Se não fosse eu apresentar o anime e falar da novel, ele nunca teria visto, já que não é do gosto dele, mas se não fosse ele me dar a ideia de traduzir, eu jamais teria começado. Agradeçam a ele! Temos também o Leimdac (bem sugestivo esse alter-nick dele, nem comento) que desde o início tem acompanhado minha tradução, mas nunca tinha se dignado a revisar. Nem eu nem ele temos português perfeito, mas um corrige o erro do outro e assim seguimos.

Talvez ficou meio longo? Capaz, ficou nada...

Faltaram vocês que leem a tradução em português do Portal AMLN!! Obrigado por apoiarem e acompanharem. Acompanhem o volume 6, que estará recheado de muita aventura sobre o casamento da Asia, vale a pena conferir.


Abraços.


Voltar para Reunião. Retornar para Página Principal Avançar para Ilustrações da Novel