Tate no Yuusha no Nariagari:Web Chapter 375 (Brazilian Portuguese)

From Baka-Tsuki
Jump to: navigation, search

Capítulo 375 – Banquete[edit]

Aquele dia, nós retornamos para a cidade do castelo com o clima para uma festa.

Não importa onde nós olhemos, pessoas celebram nossa vitória no que eles oferecem gratidão aos Heróis.

De acordo com eles, depois que da Descensão da Deusa Puta, a areia nas Ampulhetas do Dragão flutuaram no lugar dentro delas, mas agora elas caíram, e ficaram quietas.

Ela não mais se move para sinalizar a próxima onda, e está quieta, ou devo dizer que de relance, você pode dizer que ela não mais tem um propósito além de ser usada para Aumentos de Classe.

E o formato do Céu, ou algo assim mudou, no que as pessoas sentiram que paz havia caído no mundo.

Oh certo, no caminho de volta, monstros se aproximaram de nós, e abaixaram suas cabeças.

De acordo com Gaelion, agora que o mundo se acalmou, eles não mais precisam viver em medo… então eles vieram oferecer sua gratidão aos Heróis que fizeram isso acontecer.

A situação parecia suspeita, mas olhando para o céu tranquilo, eu começo a acreditar nele.

Bem, a presença da Deusa Puta foi cortada.

Eu empreguei uma barreira em volta do mundo, então deuses do mesmo tipo que aquela Puta não conseguem mais se aproximar.

As ondas não virão novamente devido à alguém tomando a posição de Deus.

Meu próximo caminho de ação será provavelmente decidido depois de falar com muitas pessoas diferentes.

“Obrigado, Herói-sama~! Obrigado!”

Eu ouço um chamado desses de todo lugar, e antes que eu pudesse entrar no castelo, eu fui colocado numa parada.

Como sempre, eu não consigo me acostumar com isso.

Apesar que lá trás eu queria destruir este mundo…

Ainda assim, eu acho que Melromarc mudou grandemente.

Neste momento, humanos e demi-humanos existem na cidade do castelo de boa, e eles todos nos oferecem suas bênçãos.

Há 20 Heróis… isso é um pouco demais.

Talvez Lixo entendeu isso, no que ele dividiu os quatro lendários, e me colocou como a atração principal nos fundos da processão.

Eu pensei que isso foi um pouco cruel, mas quando eu confirmei a frente dela com meu poder, eu acabei me perguntando, ‘Quem diabos é esse? Ele também é um Herói?’.

Os soldados gentilmente explicaram que ele era um Herói do mundo da Glass ou alguma coisa.

Claro, os habitantes do mundo dela foram capazes de sentir a mudança do mundo também. Eles participaram nas celebrações.

Quero dizer, nós roubamos as armas daqueles reencarnadores que fizeram até que uma zona do mundo deles. Eu acho que eles estão tomados pela alegria.

“Fuu…” (Naofumi)

Eu entrei o castelo, e experienciei um sentimento de alívio…

“O Herói do Escudo-sama está atendendo!”

Estalos de festa estouram, e os nobres do mundo vem me cumprimentar.

Ah, minha alma não achará repouso?

“Me desculpem, mas eu estou um pouco cansado…” (Naofumi)

Apesar que principalmente mentalmente.

Por causa dos vários poderes circulando através do meu corpo, eu acho que eu seria capaz de ir alguns séculos sem dormir.

Não é como se minha mente tivesse que descansar também. Eu só quero paz e silêncio.

“Isto é algo que todo mundo entende. As pessoas atendendo aqui também foram parte da guerra.” (Lixo)

A Rainha e Lixo explicam para mim.

Eu, eu já sabia.

“Então eu entendo os sentimentos de vocês de quererem celebrar a paz mundial, mas vão dormir. Se vocês usarem toda sua alta tensão e adrenalina para queimarem através de sua força de vida, vocês morrerão, sabem.” (Naofumi)

“Elogiada seja a compaixão do Herói do Escudo!”

“É~!”

“Eles não estão escutando!” (Naofumi)

“Pronto, pronto, Naofumi-sama, todo mundo. Paz finalmente desceu até nós depois de tanto tempo, e todo mundo está meramente tremendo com alegria.” (Raphtalia)

Raphtalia acalma todo mundo.

Bem, eu sei o que ela quer dizer, mas…

“Como esperado do Naofumi-sama. Então agora, Onii-sama, nos próximos três segundos, você irá tirar um descanso aqui. Se você se chama um guerreiro, você precisa ser capaz de dormir independentemente do local.” (Atlas)

“A-Atlas.” (Fohl)

Ah, Fohl parece seriamente preocupado.

É um desafio difícil para ele deitar aqui…

“Vamos lá.” (Atlas)

“Uu…” (Fohl)

Ele realmente fez isso! Que cara absolutamente louco!

“Zzzz… zzzz…” (Fohl)

Wow. Mesmo debaixo dos olhos deste tanto de pessoas, ele realmente caiu no sono.

Eu estou honestamente impressionado. Este homem será grande algum dia!

“Ah, Fohl-niichan é incrível! Eu também irei dormir!” (Kiel)

Com algum misterioso senso de competição, Kiel se enrola ao lado dele no modo filhote, e começa dormir.

“Agora ficou quieto.” (Atlas)

“Atlas-san…” (Raphtalia)

“Como sempre, você é uma pessoa bem cruel.” (Naofumi)

Eu não posso dizer que eu estou impressionado.

Mesmo como um espírito, ela zoa com o irmão dela.

Isso é o que a frase, ‘mesmo morte não consegue curar’ devia significar?

Ainda assim, eu acho que Fohl se diverte tendo essas conversas com Atlas.

Quero dizer, o rosto dele dormindo é realmente pacífico.

… Ele não está morto, né? É, ele não está morto.

“Ara~ onee-san irá levar Fohl-chan e Kiel-chan para um quarto no castelo. Se houver quaisquer outras crianças sonolentas, por favor venham comigo~.” (Sadina)

Sadina toma a iniciativa, e leva os dois embora nos braços dela.

Eu sei que ela é boa em cuidar de pessoas, mas esse foi um jeito suave de sair desta situação.

Eu também quero ir junto.

Quando eu quietamente tentei seguir atrás da Sadina, os convidados, e Lixo chamam para me parar.

“Onde você pensa que está indo? Iwatani-dono, eu acho que tem algo um pouco errado com o Convidado de Honra deixar seu próprio banquete.” (Lixo)

Eu corri.

Mas eu fui cercado por pessoas.

Bem, se eu realmente quisesse escapar, eu poderia, mas a situação não era tão drástica[1].

“Ah, Melty! Você! O que você está fazendo, tentando escapar com Firo!?” (Naofumi)

Ela estava casualmente seguindo atrás da Sadina com Firo.

Eu não deixarei você escapar.

“Mel-chan, Firo quer ficar aqui.” (Firo)

“Tem algo ruim acontecendo por ali. Agora, vamos seguir Sadina-san, e deixar este lugar.” (Melty)

“Eh…” (Firo)

“Hey… o que há com a Rainha do maior país sendo a primeira à fugir?” (Naofumi)

“Ara, minha Mãe está de volta, então meu papel acaba aqui. Eu quero ser uma princesa de novo.” (Melty)

Ela tenta escapar por fingir cordialidade, mas…

“Não se preocupe, Melty. Meu corpo já quase deixou o mundo. É sua era agora, minha filha.” (Rainha)

“M-mãe!?” (Melty)

“Por causa do meu marido, eu por pouco fui capaz de permanecer no mundo dos vivos, mas eu não sei quanto tempo isso durará. Melty, você é a Rainha do mundo.” (Rainha)

“N-não! Eu sou…” (Melty)

“Hmm? Eu pensei que a Melty que eu conhecia era uma criança que iria priorizar seu dever. Isto é a influência do Iwatani-sama?” (Rainha)

“Uu…” (Melty)

“Melty, eu estou feliz que você cresceu tão livremente. Eu tenho certeza que um bom período de tempo está por vir sob você. Você pode ser contra isto, mas você irá participar neste banquete.” (Rainha)

Os soldados seguram a garota pelos ombros, e arrastam ela de volta.

“Não! Eu ainda só quero ser uma garota normal!” (Melty)

Melty, que tipo de Idol você devia ser?

Bem, eu acho que Firo é a idol[2] aqui.

“Mel-chan, vamos brincar juntas!” (Firo)

Firo saltitou atrás de Melty no que ela foi levada e confinada no assento do convidado de honra.

“Hah… eu acho que não tem nada que eu possa fazer.” (Naofumi)

Não parece que eu serei capaz de me livrar disto.

Eu me resignei, e participei no banquete.

Pensando de volta, também teve um banquete quando nós superamos nossa primeira onda.

Aquilo foi o pior, mas agora eu estou agindo como um representante, e os nobres oferecem sua gratidão para mim.

Como se eles fossem eventos especiais, vários acontecimentos rolaram por aí.

“Eclaire!” (Ren)

Um Ren relativamente bêbado chama pela Knight Feminina.

“O que é isso? Não, eu devo quietamente observar pela situação.

“Que assuntos você tem comigo, Ren?” (Knight Feminina)

“Tem algo que eu planejei dizer assim que aquela batalha viesse à um fim.” (Ren)

“Diga.” (Knight Feminina)

“Por favor saia comigo!” (Ren)

“… O que?” (Knight Feminina)

Ele finalmente confessou!

Knight Feminina não parece entender o que está acontecendo. Ela encara em muda em espanto.

“Aquele Herói da Espada sério confessou.”

“Mas eu ouvi que Eclaire se tornou o Herói da Katana, certo? Eles não combinam bem juntos?”

“Que tipo de resultado nos aguarda?”

A área está acesa com fofoca, e olhares inquisitivos seguem os dois espadachins.

“Eh, ah…” (Knight Feminina)

Tendo finalmente entendido a situação, o rosto da Knight Feminina fica bem vermelho, e ela começa a andar embora para escapar.

“Espere! Eu quero ouvir sua resposta!” (Ren)

“C-calado! E-e-eu tenho uma missão!” (Knight Feminina)

“Por favor me deixe lhe ajudar nessa missão!” (Ren)

“N-não. Você tem um dever de fazer o mundo pacífico!” (Knight Feminina)

“Eu sei. Até a atual situação é somente nós tendo cruzado uma grande montanha. Pelo povo, e pelos nossos companheiros que caíram, eu irei gastar meus dias em expiação. E nisso, Eclaire, eu gostaria de estar com você.” (Ren)

“V-você não está arrependendo nada! Sua força de vontade, me deixe espancar ela em forma!” (Knight Feminina)

“Então… eu posso levar isso como um sim?” (Ren)

“Mah — não. Eu… com um galinho[3] jovem como você…” (Knight Feminina)

Quando ela estava prestes à falar, as palavras dela ficaram amarradas.

É, o Ren atual está muito mais crescido que o antigo, e o corpo dele está em boa forma.

Ele evoluiu de um Espadachim Bishounen num robusto Espadachim Biseinen.

Então chamar ele um galinho é um pouco difícil.

Ainda mais, sendo um Herói que salvou o mundo, os olhares daqueles em volta dele são bem dolorosos.

“Você está bêbado e zoando. Eu estou saindo!” (Knight Feminina)

“Por favor espere! Esses são meus verdadeiros sentimentos!” (Ren)

Knight Feminina fugiu.

Quero dizer, ela ignora os olhos dos observadores, e empurra através da multidão para ficar longe do Ren.

“… Baka.”

Com uma expressão impertinente no rosto dela, Taniko se inclina no Gaelion e o Raph ex-Lagarterra no que ela resmunga debaixo do fôlego dela.

Eu tenho a impressão que ela era uma garota muito mais pura no passado…

『Por que você está agindo como se isso fosse problema de outra pessoa? É sua culpa que Wyndia se tornou desse jeito!』

Gaelion está me encarando com todo seu ser. Não é problema meu.

Bem, ela era contra se vingar, mas eu coloco ela para lutar Ren de qualquer jeito… talvez ela tenha desviado do caminho dela.

“Wyndia!” (Ren)

Tendo tido a Knight Feminina fugindo dele, Ren começa à andar na direção da Taniko.

O rosto dele está ainda mais vermelho do que antes. Parece que ele está realmente bêbado.

“Fique longe.” (Taniko)

“Gyau!” (Gaelion)

Com intenção assassina passando por cada fibra de seu corpo, Gaelion ruge.

“Wyndia, eu irei definitivamente tomar responsabilidade!” (Ren)

“Espera, porque você está falando uma fala dessas num lugar como esse…” (Taniko)

As vozes cochichando ficam mais fortes.

Ren está só realmente, REALMENTE bêbado?

Ele está agindo sem honra como o antigo Motoyasu.

Bem, a responsabilidade de que ele está falando é provavelmente só por aterrar o pai dela[4].

Mas eu acho que uma etiqueta de mulherengo está sendo colocada nele pelas pessoas observando.

No segundo que as coisas não vão do jeito dele com Knight Feminina, ele faz um anúncio explosivo para Taniko.

“Wyndia! Eu definitivamente lhe farei feli–” (Ren)

“Não diga nada mais do que isso! 「Dragão Relâmpago」!” (Taniko)

Ah… a paciência da Taniko estava no seu fim. Ainda mais, Gaelion até agiu.

Mesmo enquanto cagado de bêbado, Ren pega sua espada, e repele os ataques focados nele.

Que habilidoso.

“Hmm?” (Firo)

Firo começou a cantar e dançar num bom humor.

Atrás dela, Melty está relutantemente dedilhando seu instrumento.

Não, para prevenir as conversas do noivado dela comigo de chegarem à Rainha, ela está provavelmente fazendo uma performance.

“FUOOOOOH! Canção da Firo-tan!” (Motoyasu)

E como sempre, Motoyasu ama Firo. Ele está de pé na frente, e torcendo pro ela.

Atrás dele, seu rebanho de três estão encarando ele com expressões desagradadas. Isso é algum tipo de desafio para elas?

“Kue~ Kue~” (Fitoria)

Fitoria começou a cantar também.

Não, espera, ela é o coral de fundo? É como se um Capella estivesse misturado junto, aumentando a tensão do concerto.

Onde está Lixo quando ele devia estar liderando isto?

Eu procurei por ele, e achei ele bebendo vinho no terraço com a Rainha.

Aquela atmosfera estranha em volta deles me previne de me aproximar.

Bem, eu ainda ando até eles de qualquer jeito.

“Oh, Iwatani-dono. O que seria o assunto?” (Lixo)

“O concerto se tornou algo incrível, então eu estou aqui para lhe dizer para parar eles.” (Naofumi)

“Isto pode soar rude de minha parte, mas eu gostaria que todo mundo se aproveitasse sem restrições. Eu não acredito que haja uma necessidade para parar eles.” (Rainha)

A Rainha cobre sua boca com seu leque no que ela diz isso.

Ela é realmente uma Megera boa com sua boca.

“Também, eu acho que seria muito mais efetivo se Iwatani-sama tentasse parar eles.” (Rainha)

“Se eu tentar fazer isso, eles irão apenas comemorar por mim de novo.” (Naofumi)

Não importa o que aconteça, eu não consigo aguentar pessoas, ou devo dizer grandes salões de audiência.

E por experiência, eu só posso dizer que irá esquentar as coisas mais se eu subir no palco.

“isso não está bem? Agora, nós estamos simplesmente aproveitando o barulho vívido. Por sorte, não parece ter nenhuma luta surgindo.” (Rainha)

“Não… teve.” (Naofumi)

Tem a luta do Ren e Taniko.

A platéia está se divertindo, apesar que isso realmente pareceu como se todo mundo estava buscando por paz.

Fora do castelo… não, mais como em volta do mundo inteiro, alegria surge.

… Eu me distancio daquele casal idiota, e acho Itsuki.

Ele também estava aconchegado perto da Rishia, e falando.

Assim que ele me viu, Itsuki chamou.

“Qual o problema, Naofumi-san? Todo mundo ficará triste se o convidado de honra choramingar por aí num lugar como este.” (Itsuki)

“Mesmo que eu não esteja lá, todo mundo irá festejar.” (Naofumi)

“Maseu acho que eles terão ainda mais diversão se você estiver lá.” (Itsuki)

“Sim, eu também acho isso.” (Rishia)

“É, é. E? O que vocês estão fazendo aqui?” (Naofumi)

“Nós? Nós estamos tranquilamente aproveitando o banquete no que nós planejamos pelo que está por vir.” (Itsuki)

“Além disso, vocês estão soltando uma atmosfera bem doce, sabem.” (Naofumi)

“Fue!?” (Rishia)

Me deixe assediar eles um pouco por deixarem os deveres deles de lado.

Mesmo quando eles são convidados também, eles passaram todas as responsabilidades deles para mim, e estão curtindo o tempo deles aqui. Eu irei amaldiçoar eles.

“Sim. Eu estou bem ciente que eu estava criando uma atmosfera doce com Rishia-san.” (Itsuki)

“FUEEEEEE!?” (Rishia)

Rishia ergue sua voz ainda mais alto, no que o rosto dela fica vermelho.

“I-Itsuki?” (Naofumi)

“Isso pode soar muito egoísta. Mas eu desejo responder à boa vontade da Rishia-san. Eu sou um pecador. Mas… se eu não posso fazer uma única mulher feliz, eu não acredito que eu serei capaz de salvar ninguém. Especialmente se é alguém tão sem pecado como ela.” (Itsuki)

“Itsuki-sama… não importa o que aconteça, eu não sairei do seu lado.” (Rishia)

“Rishia-san…” (Itsuki)

E uma dimensão para apenas os dois foi criada.

Ah, só vão flertar como vocês bem quiserem.

Se você levar meu assédio desse jeito, eu sou aquele que acaba parecendo estúpido.

“Parece realmente pacífico por aqui, Naofumi-san. Posso ter uma palavra com você?”

“Sim.” (Naofumi)

E lá, Glass apareceu. Ela me salvou da dimensão rosa cercando Itsuki e Rishia.

“Eu estou salvo. Eu senti como se eu estivesse me tornando um com o cenário, mas eu estava incerto de que contra medidas tomar.” (Naofumi)

Se Raphtalia estivesse lá, então talvez eu pudesse ter fugido, mas neste momento, ela está no meu assento, conversando com os nobres no meu lugar.

Eu terei que trocar com ela mais tarde.

Atlas está no meio de receber uma bronca da Sadina por provocar Fohl.

Bem, apesar que eu duvido que isso terá qualquer efeito nela.

Raph-chan está cantando junto com Firo.

Ah, ela mudou para a forma de Raphtalia criança.

E a real ficou brava.

“E? Como é? O sentimento de um mundo em paz.” (Naofumi)

“… Eu acho que eu estou para achar isso daqui em diante. Eu estou certa que daqui em diante, as pessoas do meu mundo e do seu irão começar a chocar um com o outro.” (Glass)

E então, ela não está participando nas festividades.

Não é como se eu não entendesse ela.

“Se é sobre isso, não é como se eu não pudesse fazer nada.” (Naofumi)

“Você tem algo especial planejado?” (Glass)

“Tem um jeito de separar os mundos ficando juntos. Enquanto os mundos permaneçam divididos, você não terá que lidar com choques desnecessários, certo?” (Naofumi)

“Isso é… o que você chama de poder de Deus?” (Glass)

“É, eu não posso fazer isso, mas Raphtalia pode. Apesar que suas armas sagradas terão que ficar consagradas em algum lugar.” (Naofumi)

Se eles fizerem isso, um deus não será capaz de entrar. Ele não teria nem a chance disso.

Bem, eu tenho uma barreira sobre este mundo, eu irei erguer uma sobre o mundo dividido também. Eu estou certo que eles serão capazes de formar um lugar pacífico lá.

“É… mesmo?” (Glass)

“Então o que você quer fazer, Glass?” (Naofumi)

“… Eu não sei. Há definitivamente conflitos, mas eu acho que superar eles e reconciliar é também uma parte importante da vida.” (Glass)

“Isso mesmo, podem haver aqueles aqui que não desejam aceitar outros. Talvez tenham perseguições também.” (Naofumi)

“Então… verdadeira paz irá algum dia vir?” (Glass)

“Nem ideia. Isso é o que nós achamos no fim desta estranha assimilação mundial. Há lutas entre aqueles da mesma raça também.” (Naofumi)

Meu mundo é um bom exemplo.

No fim, coisas vivas vivem através de conflitos com outros.

Mesmo que não seja nada além de humanos, há ainda pessoas buscando por supremacia, e guerras como um resultado.

Você não pode chamar um mundo de única raça como pacífico.

“Isso é meio difícil.” (Glass)

“Isso mesmo. A propósito, Glass, você não irá celebrar com seus próprios companheiros?” (Naofumi)

Eu lembro de ver eles bebendo para a vitória deles um tempo atrás.

Mas Glass está aqui falando comigo.

“Sim, eu estava aproveitando o banquete até pouco tempo atrás. Mas depois de acalmar um pouco, toda minha tensão foi colocada nos freios.” (Glass)

“Se acalmando…” (Naofumi)

“… Eu costumava ter uma amiga muito importante. E num certo incidente, ela ficou desaparecida. Sem aquela pessoa aqui[5], eu imagino se está tudo bem em eu ter diversão sozinha.” (Glass)

“Amiga? Alguém que você gostava?” (Naofumi)

“Enquanto nós somos próximas como amigas, essa pessoa é uma mulher[6].” (Glass)

“Ah, entendo.” (Naofumi)

“Agora, onde está aquela pessoa, e o que ela está fazendo…” (Glass)

“Você tem certeza que ela não está morta? Você quer que eu procure por ela?” (Naofumi)

“Isso mesmo. Ter Naofumi-san achar ela é outra opção. Mas ela disse que ela iria definitivamente retornar um dia, então eu esperarei aqui, e protegerei o mundo para ela.” (Glass)

Com o mundo num aperto, havia uma pessoa desaparecida…

Glass também é alguma coisa por esperar por ela.

Eu vou tentar procurar com poder de Deus.

Eu achei um ponto estranho no passado da Glass, e não pude achar aquela amiga dela nas memória dela.

Ela era de outro mundo?

Eu não acho que ela está morta, mas será difícil para achar ela mesmo para mim,

Se eu me exercesse, seria possível, mas com Glass mesma desse jeito…

“Minha luta ainda tem que acabar.” (Glass)

“Tenha certeza de não desmaiar em algum lugar.” (Naofumi)

“Eu sei.” (Glass)

E por um tempo, eu quietamente observei o céu da noite com ela no terraço.

Quando eu ouvi a audiência ficando alta de novo, eu chequei de volta e achei o Oyaji, Tio da Imya e Imya esculpindo uma escultura de gelo.

Parece que eles fizeram os magos do castelo conjurarem magia para fazer um bloco de gelo, e começaram a lascar pedaços dele.

“Oh, se não é o guri.” (Oyaji)

“O que você está fazendo, Oyaji? E espera, vocês estavam atendendo o banquete do castelo?” (Naofumi)

“Eles me pediram para colocar algum tipo de show, e eu havia acabado de chegar aqui, eu queria lhe parabenizar pela batalha, então observe aqui.” (Oyaji)

Trabalhando habilidosamente com um martelo, o Oyaji termina a escultura.

Uma Firo de tamanho real é esculpida, e eu seriamente acho que a habilidade colocada nela é incrível… mas não tem algo errado com essa imagem?

Ainda mais, é um conjunto de forma humana e forma pássaro.

“Se você tem quaisquer pedidos, só dizer. Não precisa ser gelo.” (Oyaji)

“Fumu…” (Naofumi)

“Então eu gostaria de colocar um pedido em seus braços.” (Lixo)

Por algum motivo, Lixo cruzou o mar de pessoas, e fez um pedido.

“Eu gostaria de uma grande estátua cantando glória às proezas do Iwatani-dono. Claro, depois que estas festividades estiverem acabado. E faça ela grandiosa.” (Lixo)

“O que você está dizendo, velhote?” (Naofumi)

“Eu só estava falando sobre o reino de truques de circo, mas eu entendi. Quão larga você estima ela sendo?” (Oyaji)

“Fumu, de bem longe… por favor construa uma estátua grande o suficiente para que ela possa ser vista em Melromarc de longe.” (Lixo)

“Oh!? Uma estátua do Sogro!? Tinha uma num país do meu mundo também. Uma Estátua de uma Deusa que cantava sobre liberdade!” (Motoyasu)

“A porção da deusa soa pressagiosa, mas se é o Naofumi-dono, então eu posso assegurar que as pessoas irão reverenciar e exaltar a forma dele por muitos anos por vir.” (Lixo)

“PAAAAAAAREEEEM!” (Naofumi)

Por que eles tem que fazer algo tão repulsivo quanto isso?

Os pensamentos do Lixo estão saltando muito rápidos, e eu sinto doente!

E Motoyasu, não suba à bordo!

Que tipo de razões tristes você tem para coagir o Oyaji em fazer uma estátua gigante de mim?

Vamos tentar acalmar eles, e estragar os planos deles de construção.

“Você foi promovido bastantinho, guri.” (Oyaji)

“Por favor pare com as piadas.” (Naofumi)

“Haha, o fato que está finalmente pacífico significará que minha loja finalmente ficará mais quieta.” (Oyaji)

“… Eu fiz algo ruim?” (Naofumi)

Lojas de armas geralmente deitam em lucro quando tem um inimigo temido para combater.

Na era por vir, ainda haverá monstros para se lutar, mas eu duvido que haverá um tempo mais lucrativo do que durante as ondas.

“Não se preocupe. Paz é para ser curtida em si. E não é como se eu só vendesse armas, sabe.” (Oyaji)

Eu acho… eu ouvi que o Tio da Imya tinha uma loja de metalurgia no passado.

Numa loja pacífica, talvez uma loja de armas se torne algo assim.

Ele realmente construiu a carruagem da Firo, e eu acho que ele pode fazer negócios como um homem de utilidades com metal.

“Isto é tudo por sua causa, guri. Eu acho que isso significa que havia sentido em eu tentando tão duro por ‘cê. E por um tempo, minha loja ficará estável.” (Oyaji)

O Oyaji pisca, e aponta para atrás dele.

“Como esperado da loja que o Herói do Escudo-sama frequente! Por favor faça equipamento para mim!”

“Não, esse será meu–”

Vários pedidos começam a cair com tudo, e os nobres e representantes de outros países começam a cochichar entre si.

Bem, a massa da armadura que eu estou atualmente vestindo foi feito pela loja dele.

Suas habilidades eram tão altas, era surpreendente.

Depois disso nós tivemos uma simples conversa com algumas piadas misturadas no meio.

Motoyasu demandou que a Estátua da Firo seja preservada pela eternidade, e ele fez o pedido impossível para Marin. No fim, com a permissão do Oyaji, Kuu derreteu a coisa inteira.

“Oyaji-san, obrigada por tudo que você fez até agora.” (Raphtalia)

Raphtalia vem para cá, e estende sua gratidão ao Oyaji.

“Oh, se não é a jovem senhorita! Você não cresceu bem? Isso faz a primeira vez que eu lhe encontrei parecer uma mentira.” (Oyaji)

Pensando de volta, foi uma estrada bem longa…

Eu fui armado pela Witch, comprei a Raphtalia Escrava, comprei armas do Oyaji… um monte aconteceu.

“Agora, agora, senhoras e senhores, se juntem aqui. É o show acrobático de monstros. Sim.” (Slave Dealer)

Ah, o Slave Dealer que eu não vi faz um tempo está usando seus monstros para fazer algo como um show de circo.

Um grande monstro estilo tigre pula através de um anel de fogo, e um monstro misterioso chamado Egugu andou numa bicicleta. A cena me diz que esses são alguns monstros que não sabem que o mundo foi salvo.

Taniko está assistindo o show em antecipação.

Por curiosidade, ela continua perguntando ao Slave Dealer que monstros irão aparecer.

Eu entendo que ela goste de monstros, mas a pessoa com quem ela está falando usa escravos, e trabalha monstros até o osso. Ele é uma pessoa terrível, sabe.

Ainda mais, eles começaram uma rivalidade incompreensível, e Taniko pegou os monstros da minha terra para cima do palco para fazer uma performance.

Aqueles que foram modificados em Raphs, e os Philorials. Os truques do Gaelion também enviam a audiência em altos espíritos.

Ah, eu achei a antiga vai-junto do Motoyasu, Elena.

Ela está fazendo uma cara realmente pesada no que ela fala com seus pais.

“… Ah.” (Elena)

“Faz um tempo.” (Naofumi)

“Não, não faz tanto tempo. Quero dizer, eu estava no campo de batalha.” (Elena)

“Você estava lá?” (Naofumi)

“Claro que eu estava. Meus pais não paravam de me encher.” (Elena)

Eu acho que o pai dela ou alguém era algum tipo de pessoal militar em Melromarc ou algo assim.

“Apesar que eu tentei não me destacar, então talvez você não tenha me notado.” (Elena)

“Ah, entendo.” (Naofumi)

“Para a princesa executada ser uma deidade invasora de mundo… ela devia ter desistido em algum ponto. Uma mulher tola.” (Elena)

“Hey…” (Naofumi)

A mulher que calmamente se entregou à depravação disse isso num tom nivelado.

Eu acho que se ela tivesse tanto poder assim, ela poderia viver a vida como ela bem quisesse. Ela poderia ter se entregado em tanta luxúria quanto ela quisesse.

Mas eu acho que se você continuar olhando para cima, não tem fim em vista.

“Bem, eu acho que você trabalhou duro. Bom trabalho.” (Elena)

“Eu não me sinto feliz mesmo quando eu ouço isso de você.” (Naofumi)

“Eu acho que sim… ah, isso é um saco. Eu terei que abrir loja na terra do Herói do Escudo em breve, e meus pais continuam enchendo sobre lucratividade. Mesmo quando eu só quero relaxar, por que a vida é tão difícil?” (Elena).

“Isso é sua culpa! Apenas seja grata que você ainda não foi executada.” (Naofumi)

Ela realmente só cospe tanta linguagem abusiva quanto ela quer.

Como uma forma de punição, eu darei à loja dela alguns privilégios especiais.

Na entrada do salão está um mercador robusto vendendo acessórios com todo seu espírito comercial. Para clarificar, aquele que tem uma loja de departamentos em Zeltburg.

Tem também o falsário, que se tornou algo como um milionário. Ele formou uma aliança com o mercador de acessórios para tomarem o controle do dinheiro daqueles festejando na Cidade do Castelo. Mas essa é uma história para mais tarde.

Eu estou certo que minha terra irá continuar à se desenvolver.

“Naofumi-cha~n!” (Sadina)

Uma Sadina bêbada me segura por trás.

“O qu’cê tá fazendo? Se você está entediado, que tal entreter todo mundo com esta onee-san?” (Sadina)

Tendo terminado a bronca da Atlas, parece que Sadina começou uma competição de bebida, e uma coisa levou à outra.

“E então Naofumi-chan estará participando~! Todo mundo, vamos ter uma competição entre esta Onee-san e Naofumi-chan~.” (Sadina)

“Okay, todo mundo! O Herói do Escudo e o Herói do Arpão vão nessa!”

“Hey! Sadina, pare!” (Naofumi)

“Ahn, eu te amo, Naofumi-chan~.” (Sadina)

Sadina começa a se inclinar em mim.

“Hey, Raphtalia-chan, se apresse e faça coisas divertidas com Naofumi-chan. Então a próxima é Atlas-chan, e então é comigo.” (Sadina)

“Ahaha…” (Raphtalia)

Raphtalia limpa fora algum suor.

Só quão séria ela é, esta mulher?

“Se você não se apressar, eu posso só acabar devorando ele[7].” (Sadina)

“Quem vai ser devorado!? Hey, não traga seu rosto tão perto! Você fede à álcool!” (Naofumi)

“Não, eu sou a número um do Naofumi-sama!” (Atlas)

Atlas faz uma aparição dramática.

“Rafu~!” (Raph-chan)

“Ah, Mestre parece estar se divertindo. Deixe Firo e Mel-chan participar~! Agora, Mel-chan, vamos–” (Firo)

“E-eu não quero…” (Melty)

Melty e Firo se aproximam de nós.

Se você não quer vir, então fuja.

Os aldeões, e os outros companheiros também se juntam.

“P-por favor parem! Naofumi-sama está comigo!” (Raphtalia)

Ora essa, não tem fim para esta cacofonia.

Desse jeito, o banquete continuou por um tempo.

Assim que eu fiquei desgastado, eu saí e tirei um descanso numa sala de convidados antes de retornar, somente para ser agradecido mais uma vez.

No fim, as portas do banquete permaneceram abertas por uma semana inteira, mas eu acho que isso não realmente importa.


Notas do Tradutor[edit]

  1. Sabe, eu já passei por isso… e me surpreende ter acontecido a mesma coisa…
  2. Por isso deixei em inglês, pelas idols estilo Hatsune Miku e tal
  3. Na realidade, ela fala pintinho, filhote de galinha; mas ia ser humilhação demais para o Ren
  4. Só. Coisa básica.
  5. A frase toda ficou de um jeito, no original e inglês, que não dá para ter certeza do sexo da pessoa…
  6. … eu já deixei direito
  7. Eu tinha escrito ‘comendo ele’, mas reparei no erro que foi
Voltar para Web Chapter 374 Retornar para Página Principal Avançar para Web Chapter 376